Canário-rasteiro

O canário-rasteiro é uma ave do tipo Passeriformes estes são os pássaros de porte pequeno. Seu nome em Grego é sikalins ou sukalins que significa pequeno.

Esses pássaros são encontrados na América Latina como, por exemplo, na Argentina, Colômbia, Venezuela.

Já no Brasil, eles vivem nos estado do: Mato Grosso, Sul do Pará, Piauí, Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

Então, neste artigo, descubra tudo sobre o canário-rasteiro a seguir apenas fazendo uma leitura deste artigo. Confira!

Canário-rasteiro

Quais as características do canário-rasteiro?

O canário tem seu porte pequeno com plumagem de cor amarela e bico curto.

Por sua vez, os machos são da cor amarela, no dorso as listras são marrom oliva.

Em contrapartida, as fêmeas têm o dorso marrom e o ventre amarelo rajado.

Ainda que seja pequeno, a ave ainda chama atenção por conta de sua plumagem que é muito bonita vistosa é um amarelo brilhante.

Além disso, ele emite um som trinado, gosta de cantar enquanto voa e quando pousa.

A ave mede em torno de 11 a 12 cm, pesa 10,7 a 12,9 gramas. Assim sua reprodução dura menos de 30 dias.

Os ovos ficam incubados por 12 dias os filhotinhos continuam no ninho por mais 13 dias.

O canário-rasteiro faz seu ninho em forma de cesto aberto, feito com folhas de gramíneas extensas.

Já as bases às folhas são mais finas, inclusive, o ninho fica afastado do solo de 09 a 62 cm.

Logo, a postura é de até 03 avos de cor azul turquesa e manchas marrons.

Alimentação

Além disso, sua alimentação é granívoro que significa que a principal refeição do pássaro é sementes, plantas ou grãos. Além disso ela gosta de morar em lugares úmidos.

Estes pássaros gostam de viver nos campos limpos e até em cidades. Quando eles mudam de lugar saem em grupos para procurar novos lugares.

Cuidados, Canto e Reprodução

As pessoas gostam de criar essas aves, pois são dóceis e conseguem viver em cativeiro.

Além disso, se adaptam muito bem ao clima do Brasil, sendo que são pássaros robustos.

Inclusive, o canário-rasteiro faz seu ninho com fibras, vegetais, ervas e folhas.

Vale situar que o macho não ajuda no período de incubação, sendo que o seu papel é levar alimento para ninho.

Os filhotinhos se tornam adultos quando completam 17 dias de idade onde já podem sair do ninho.

Você acredita que o macho continua levando alimento para eles até que fiquem totalmente adultos? Pois, isso faz com que o tempo de vida na natureza deles seja de 05 anos.

O canário pode ser criado em casa, no Brasil existe um órgão chamado de Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) que é responsável pela autorização da criação.

Eles são amigáveis e bons companheiros para serem domesticados pelas pessoas.

Quando alguém pega um canário para criar como meio de identificação eles usam um anel no pé.

Você sabia que até curso de canto existem para essas lindas aves? O que demonstrar ser um animal amado por seus donos que adquiriram o animal com a autorização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

 
Logo, a diversidade dos canarinhos surgiu a partir da criação em gaiolas em lares domésticos.

Com este cenário também surgiu uma variedade de mutação e espécie, os canarinhos são muito alegres e adaptáveis a gaiolas ou aviários.

Não esquecendo, pensando em procriação, o número de um macho que deve estar presente para três fêmeas. Se houver algum tipo de disputa não é nada grave e é só separar as aves.

Como visto você acompanhou um guia com todas as informações sobre o canário-rasteiro.

Esta é a hora de mostrar aos seus amigos o que aprendeu sobre este querido animal. Compartilhe este artigo em suas redes sociais e não se esqueça de deixar seu comentário no post!

Outros pássaros para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *