Os pássaros exóticos mais bonitos do mundo podem ser criados no Brasil

O blog passarosexosticos.net foi criado com a intenção de espalhar informações confiáveis e de qualidade sobre o criação, reprodução, cuidados e alimentação sobre os mais diversos pássaros exóticos do mundo inteiro.

Criar pássaros é um hábito comum dos brasileiros, isso porque a criação envolve cuidados fáceis, quando comparado a outros animais domésticos. Basicamente é preciso se atentar a alimentação e a vermifugação dos mesmos.

Os pássaros exóticos são os que mais chamam a atenção dos interessados, principalmente por ter características diferentes do observado nos diferentes biomas brasileiros.

Outro aspecto que chama a atenção de quem deseja criar pássaros é a sociabilidade e inteligência destes animais.

No entanto, existem restrições sobre a criação de pássaros em cativeiros, e diversas pessoas possuem dúvidas em relação ao tema, quando se trata de pássaros exóticos, as duvidas tendem a ser ainda maiores.

A seguir, se informe sobre a criação de pássaros exóticos, conforme consta nos documentos e normas ambientais pertinentes.

Tipos de Pássaros Exóticos

Os animais exóticos podem ser diversos, existem alguns de maior porte (ave) e outros de menor (pássaros). Os pássaros são escolhidos por quem deseja ter um pet, enquanto as aves são escolhidas para quem tem maior espaço e quer embelezar o espaço.

Beija-flor: os pássaros denomidados de beija-flores ou também, colibri, fazem parte da família Trochilidae e existem mais ou menos 330 tipos desses pássaros pelo mundo.

Periquitos: o periquito pode ter um porte grande, médio ou pequeno, onde tudo irá depender do tamanho do animal que você deseja para cuidar.

Agapornis: a Agapornis é uma ave que originária da África Continental que possui 9 subespécies já registradas.

Canários: este pássaro, conhecido pelo nome cientifico de serinus canaria, é um pássaro canoro, membro da espécie fringillidae.

Cisne: o cisne possui grande elegância e existem diversos cisnes exóticos, apesar de não ser uma espécie muito dócil, é também muito procurado para grandes espaços. Cabe lembrar que para criar tal espécie é necessário um lago.

Faisão: o faisão é também muito procurado, isso porque oferece potenciais lucros, como os ovos (utilizados na gastronomia) e o esterco (utilizado como fertilizante). Sua criação é simples e tal ave é bastante dócil.

Corujas: as corujas são aves de rapina, caçadoras eficientes e pode chegar a comer até um pequeno javali, segundo informaçõs de sites de curiosidades.

Cacatua: as cacatuas pertencem à família dos papagaios, é uma ave de beleza exuberante e muito dócil. É muito procurado para famílias que tem crianças, outro diferencial é que tal pássaro pode proteger a casa, visto que quando exposto a pessoas e sons que estão fora da rotina, costuma fazer muito barulho.

Araras: a arara está entre os pássaros exóticos mais procurados Brasil, é um pássaro dócil e muito inteligente. Além da inteligência, outro fator que chama a atenção neste pássaro são suas cores, verde e amarela na cabeça, azul e cinza no abdômen.

Galinhas: uma galinha pode ter um peso que varia entre 400g a 6kg, dependendo da raça. São animais domésticos e muito utilizados para alimentação dos seres-humanos.

Papagaios: o papagaio é uma espécie de pássaro bem interessante, além de conseguir reproduzir a fala do ser-humano, este uma vasta gama de tipos de papagaios.

Patos: O pato pertence à família Anatidae, possuem cores bem vistosas e possuem uma certa aparência com as galinhas.

Pintassilgo: é uma ave originária da América do Sul. Seu nome científico é Carduelis magellanicus, popularmente é conhecido por Pintassilva e Pintassilgo – mineiro, baiano, Goianinho ou ainda Pintassilgo-de-cabeça-preta.

Pombo: O pombo, que faz parte da família, em geral é uma ave pertencente à Ordem Columbiformes, Família Columbidae. Geralmente não é uma ave doméstica.

Tucanos: costumam ser pássaros bem interessantes e fazem parte da família Ramphastidae que vivem nas florestas da América Central e América do Sul. Sua principal característica é o seu bico grande e oco.

O que é pássaro exótico?

Apesar de existir uma definição muito clara acerca dos pássaros exóticos, existe um consenso que os definem como sendo aqueles de ocorrência não natural no território brasileiro.

Sendo assim, os animais exóticos são aqueles que foram trazidos de algum outro local do mundo para o Brasil, seja para fins de domesticação ou não.

No Brasil quem traz os requisitos e regras para os pássaros e demais animais exóticos é o órgão ambiental IBAMA. Sendo este quem define as normativas e instrumentos legais para criação e comércio dos mesmos.

Imagens de aves e pássaros exóticos

É permitido criar Pássaros Exóticos?

Quando se vai adquirir um pássaro exótico, a principal dúvida é acerca da permissão. Tal cuidado é de extrema importância e deve ser tomado, pois, pode estar sujeito a multas e demais punições previstas em lei.

De forma geral, as aves que precisam de licença de criação (emitida pelo IBAMA) são as exóticas vindas de outra país (necessariamente as compradas em outros países) e as aves silvestres (abaixo é explicado o termo).

Existem algumas aves que são exóticas, mas por estarem no país há um tempo, são consideradas “domésticas”, como é o caso da calopsita.

O documento legal que diz respeito sobre as exigências para poder criar pássaros exóticos é a Instrução Normativa nº 18/2011, publicada pelo IBAMA, nela é estabelecida os requisitos necessários para ser um criador de aves exóticas.

Já a Instrução nº 169/2008 traz sobre o cadastramento de criadores, com fins comerciais ou de estimação.

De forma geral, ambas as resoluções devem ser consultadas e é de suma importância que os passos a seguir sejam cumpridos:

  • Pesquise os cuidados e os hábitos da espécie que deseja adquirir e, veja se você tem condições de oferecer ao animal o conforto que ele exige;
  • Verifique na Instrução Normativa nº 18/2011 se a ave que você irá adquirir precisa de licença para ser criada;
  • Verifique se a ave comprada possui anilha em uma das patas (exigência do IBAMA, se a ave não tiver pode ser que sua venda não esteja dentro da lei);
  • Exija sua nota fiscal e, verifique se os dados do vendedor estão corretos;
  • Peça na loja/criadouro a entrada no pedido de requerimento do “Certificado de Registro da Ave” (somente para aves que precisam de licença);
  • Caso tenha alguma dúvida, o IBAMA disponibiliza o telefone 0800-618080 para esclarecimentos e duvidas.

Qual diferença entre passarinhos Silvestre x Exóticos?

Conforme mencionado acima, há uma confusão acerca de silvestre x exótico x doméstica, para tanto, as seguintes definições são usadas:

  • Aves silvestres: são aves que pertencem à fauna nativa brasileira, incluindo as espécies migratórias, que passam parte da vida no território brasileiro. Exemplos: canário da terra, arara, tico-tico, papa-capim, entre outros.
  • Aves exóticas: como mencionado anteriormente, as aves exóticas são aquelas que não pertencem à fauna nativa brasileira, ou seja, não possui ocorrência natural. Exemplos: cacatua, pavão, arara patagônica, entre outros.
  • Aves domésticas: as aves domésticas são aquelas que são amplamente criadas “em casa” e, devido ao longo espaço de tempo que isso aconteceu, tais aves acabaram por se tornarem dependentes do homem para sobreviverem. Exemplos: canarinho do reino, calopsita, periquito australiano, entre outros.

Quais são os pássaros exóticos brasileiros?

Como mencionado anteriormente, os pássaros exóticos são aqueles que não possuem ocorrência natural no território brasileiro, sendo assim, não existem espécies exóticas brasileiras.

Entretanto, cabe lembrar que o Brasil é rico em biodiversidade e, em seu território possuem inúmeras espécies de aves, que podem ser admiradas em passeios por diversas regiões.

Considerações finais

Contudo, pode-se dizer que as aves são excelentes companheiras, além de serem bonitas e inteligentes.

Antes de comprar uma ave, verifique os instrumentos legais e as exigências do órgão responsável e, em hipótese nenhuma capture uma ave da natureza (isso pode causar danos ambientais e punições previstas em lei).