Canário-andino-negro

Primeiro é importante saber que o canário-andino-negro não faz parte da fauna brasileira.

No entanto, já foi visto e catalogado uma vez na região do Rio Grande do Sul.

Contudo, há necessidade de maiores estudos sobre migração e locomoção desta espécie de canário.

Descoberto pelo Oficial da Marinha Friedrich Kittlitz ,em 1883, possui o nome técnico Rhopospina fruticeti.

Com efeito, o nome é uma junção do nome grego rhopospina e do latim fruticetum. Logo seu significado é pássaro do bosque.

Apesar de conhecer o canário-andino-negro, você sabia que esta espécie não é originária do Brasil? Descubra nesse artigo tudo sobre essa raridade e espécie.

 

Subespécies e hábitos do canário-andino-negro

Sem dúvida alguma, os canários é uma das aves mais carismáticas e conhecidas pelo brasileiro.

Além disso, adora uma cantoria, o que leva a serem vistos como um animal meigo.

E mais, a espécie canário-andino-negro existe três subespécies, bem como são conhecidos e catalogados todos fora do território brasileiro. São eles:

  • Rhopospina fruticeti fruticeti – Descoberto e catalogado em 1833, nos Andes. Situado nos países da Argentina, Bolívia e Peru;
  • Rhopospina fruticeti coracina – Descoberto e catalogado em 1891, na Cordilheira dos Andes, na região da Bolívia;
  • Rhopospina fruticeti peruviana – Descoberto e catalogado em 1924, na Cordilheira dos Andes, nos países da Bolívia e Peru.

De acordo com estudos de naturalistas, estes pássaros vivem em casais ou sozinhos quando fora do período de acasalamento.

Embora, no momento que precisem migrar ou se deslocarem para regiões mais próximas, o façam em pequenos bandos.

Habitat, alimentação e nidificação do canário-andino-negro

Desde já, estas aves se encontram nos países como, por exemplo, o Chile, Peru, Argentina e Bolívia.

Além disso, preferem ambientes subtropicais, tropicais secos e regiões de alta altitude, inclusive, conseguem ir até 3.000 metros de altitude na Cordilheira nos Andes.

Nestes países, os canários optam por ficar em áreas semiabertas ou em locais de plantação, igualmente, ficam próximos de aldeias e terrenos agrícolas.

Já quando vão se alimentar nestes locais, acabam por dividir o espaço com outras espécies de aves. Os tipos de alimentos consumidos por eles são:

  • Frutas;
  • Alguns animais invertebrados, como insetos, besouros e larvas;

Enfim, na época de reprodução, constroem seus ninhos no solo entre os arbustos.

O material usado são gravetos e fibras que sejam macias. Assim, a fêmea põe até 3 ovos por ninhada. Ademais, os ovos são de uma cor azulada com manchas marrons.

Atributos do canário

A princípio o canário-andino-negro tem diferenças nas características físicas entre o macho e a fêmea. Entre elas estão:

Nos Machos

De forma geral, os machos desta espécie tem uma pelagem mais escura, em relação à fêmea, sendo assim, suas características mais marcantes são:

  • Todo corpo tem uma pelagem na cor de um cinza escuro;
  • Área dos olhos e peitoral pelagem na cor preta;
  • Asas com pelagem marrom com duas faixas brancas nas pontas;
  • Bico amarelo;
  • Patas amareladas.

Por vezes, os machos possuem a cabeça e peito na cor preta, com listras pretas no dorso.  Além disso, possuem as barras brancas nas asas.

Canário-andino-negro

Nas fêmeas

Da mesma forma que ambos os sexos tenham a mesma altura e peso, as cores de suas pelagens diferem. Por isso, é fácil distinguir o macho da fêmea a olho nu.  A pelagem do canário fêmea é:

  • Pelagem do corpo na cor creme;
  • Regiões do peito e barriga de cor esbranquiçada;
  • Asas na cor creme com duas faixas esbranquiçadas em suas pontas.

Caso haja o desejo de ter um canário desta espécie como animal de estimação, deve-se passar pela avaliação do IBAMA. Diante disso, existem no país, criadores credenciados e licenciados pelo órgão.

Após acompanhar esse guia com todas as informações sobre o canário-andino-negro.

Esta é a hora de mostrar aos seus amigos o que aprendeu sobre este querido animal. Compartilhe este artigo em suas redes sociais!

 

Outros pássaros para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *