Arara-verde

arara-verde

A arara-verde pertence à família dos psitacídeos, uma das aves mais inteligentes e capazes de reproduzir sons.

Assim, são pássaros exóticos amigáveis e que gostam de convívio com humanos e por esse motivo passam pela venda ilegal como animais de estimação.

Arara-verde ou arara-militar?

A arara-verde ou arara-militar (Ara militaris) é uma arara que tem a  maior parte das suas penas na cor verde-oliva e foi descoberta em 1766.

Inclusive, esse é um tipo ave predominante na América do sul e são três as subespécies conhecidas: 

  • A. m. militaris, podem ser vistas no Brasil, Colômbia, Venezuela, Equador e Peru; 
  • A. m. boliviana, que estão na Bolívia e noroeste da Argentina;
  • A. m. mexicana, presente no México e na Guatemala.

É provável que a arara-militar tenha recebido esse nome por causa dos militares, que foram os primeiros que importaram as aves para a Europa.

Desse modo, acredita-se que a escolha da espécie pode ter sido pela sua inteligência, capacidade de emitir sons e pelo fácil convívio com os humanos.

Quais são as características da arara-verde?

A arara-verde tem o tamanho médio, podendo chegar a 80cm do bico até a cauda, com envergadura de 1m e pode chegar aos 50 anos.

Seu nome popular veio por causa da coloração de suas penas, que são verde-oliva, também tem algumas nos tons de azul e amarelo e vermelha.

A ave tem patas ágeis e usam para levar comida à boca, seu bico é grande, forte e curvo que funciona como um terceiro pé.

Dessa forma, sua mandíbula forte tem poder para quebrar sementes e frutos bem duros e escavar seus ninhos no tronco das árvores.

A arara-verde é um animal de contato?

A arara-verde é vista como uma ave de contato, pois permite o contato com as pessoas, também aprendem facilmente alguns truques, como assobiar e cantarolar.

Assim, é bem fácil perceber que o cérebro dessa ave é bastante desenvolvido, já que pode ser ensinada a obedecer a alguns comandos.

arara-verde
A arara-verde é um pássaro que vive predominantemente na América do Sul. Imagem de wirestock no Freepik

Alimentação da arara-verde

Em estado selvagem se alimentam frutas, legumes, buscam pelas melhores sementes e usam seus bicos fortes para quebrá-las e comer.

A saber, uma atitude curiosa que a arara-verde tem é ir comer argila, acredita-se que é para desintoxicar de venenos que estão presentes nas sementes.

São aves que têm que ter uma oferta variada de alimentos e sementes, alguns insetos e gostam de muitas frutas.

Assim, as que mais chamam a atenção dessa espécie são: maçã, mamão, banana, goiaba, manga, pêra; e as cítricas: laranja, maracujá, morango e acerola.

O canto da arara-verde

As araras de forma geral, são muito barulhentas, seu som bem alto e chamativo e passam muito tempo nas copas das árvores, gritando nos galhos.

Com o fim de se comunicar com outras aves, o som do seu canto pode ser escutado mesmo quando não dá para vê-las.

O grito da arara

A arara-verde emite um som que tem função de reconhecimento da espécie, o grito serve de alerta para proteger o ninho em épocas de reprodução.

Assim, são animais afetuosos e monogâmicos e permanecem assim até o fim da vida e usam o canto para interagir com o seu par.

Curiosidades sobre a espécie

A arara-verde é uma ave bastante inteligente e atrai muito a curiosidade das pessoas, seja pelas suas habilidades ou aparência.

Além disso, é uma espécie de arara que tem como característica a longevidade, mas também são aves que tem outros atributos interessantes como:

  • Elas são mais vistas nas áreas de mata da América do Sul;
  • Elas vivem em pares, em famílias ou em grandes bandos;
  • Se alimentam de frutos e nozes; 
  • As araras-verde tem a identificação feita pelo seu canto;
  • São aves que precisam voar centenas de quilômetros por dia.
  • São sociáveis com humanos.

Elas gostam de usar o bico para mastigar tudo o que veem pela frente, especialmente madeira que elas podem mastigar.

Assim, com treinamento, essas são aves falantes, capazes de aprender muitos truques, inclusive para sair e entrar de sua gaiola.

Como é a reprodução da arara-verde?

É uma ave monogâmica, põe de 1 a 2 ovos que são incubados por cerca 25 dias, os pais cuidam do filhote no primeiro ano.

Mas essa ave também pode cruzar com outras espécies de araras, na natureza e em cativeiro, um comportamento que causa hibridismo. 

O período de reprodução da arara-verde ocorre entre março e outubro e os filhotes nascem, em geral, entre agosto e setembro.

É importante saber que esse animal só atinge a maturidade sexual depois de 3 ou até 4 anos de idade.

Os filhotes das araras nascem indefesos, sem penas e é difícil acreditar que no futuro serão aves belas e imponentes.

Até que as suas penas cresçam, os filhotes são cuidados pelos pais, mas quando aprendem a voar, saem com o bando em busca de comida.

Os ninhos da arara-verde

As araras-verde preferem fazer seus ninhos em buracos de árvores altas ou buracos em precipícios de pedra calcária quando estão na natureza.

Desse modo, tem o costume de usar o mesmo ninho todos os anos e é quase imperceptível a diferença do macho e fêmea.

Qual o habitat dessa ave?

Preferem florestas áridas ou subtropicais, e não passam de locais que tenham altitude mais alta que 2.600 metros ou mais baixa que 600 metros.

Dessa forma, a ave prefere voar em bandos ou em pares e gostam de fazer seus ninhos dentro de troncos e barrancos.

duas araras-verde uma do lado da outra
A arara-verde é um pássaro amigável e que se dá bem entre humanos. Imagem de Angie Toh no Pixabay.

Tem arara-verde no Brasil?

O subtipo, Ara militaris militaris, é o que existe no Brasil e as araras-verde também são encontradas em menores quantidades em outros países americanos.

No entanto, devido a vários fatores como o comércio ilegal e a diminuição do seu habitat natural, a espécie está em grande risco de extinção.

É vista como uma ave de fácil interação com as pessoas, pouco barulhenta e são também pássaros curiosos que gostam de brincar.

Assim, a arara-verde é uma espécie que precisa voar algumas horas durante o dia e que gosta de ter bastante espaço para explorar.

Tipos mais comuns de araras no Brasil

No Brasil, existem cinco espécies que podem ser encontradas na região amazônica, no Nordeste e nas regiões do Planalto Central. Assim, as araras brasileiras verdadeiras são a arara-canindé (Ara Ararauna), a arara-canga (Ara macao), a arara-vermelha-grande (Ara chloroptera), a arara-azul-grande, e a arara-azul-de-lear.

A arara-verde é uma ave que demanda espaço

Essa é uma ave que tem que estar em uma área grande, já que precisam de espaço para abrir suas asas.

Assim, a arara também escolhe o lugar para o seu ninho que a proteja do frio e da umidade e em locais altos.

Um animal de estimação exótico

Por ser sociável e um pássaro exuberante, a arara-verde é vista como um animal de estimação exótico e chama a atenção de muitas pessoas.

Por isso, atrai a ação de contrabandistas, que veem a oportunidade de lucrar com a sua venda, que pode custar até R$ 80 mil.

Pode comprar a arara-verde?

A arara-verde, assim como vários outros animais silvestres encontrados no nosso país, têm sua comercialização e posse regulamentadas pelo Ibama.

Desse modo, é bom lembrar que se trata de um animal silvestre com necessidades específicas e que o melhor lugar para ele é a natureza.

Comércio da arara-verde só com o certificado do Ibama

O comércio de qualquer espécie selvagem deve ser feito em viveiros com a certificação do Ibama, com o registro dentro da lei e nota fiscal.

Com o propósito de evitar o tráfico, só podem ser vendidos se forem de cativeiro, caso sejam retirados da natureza não podem ser comercializados.

duas araras-verde
A arara-verde é uma ave com muita inteligência e capacidade de se comunicar. Imagem de Martim Ludlam no Pixabay.

A arara-verde está ameaçada de extinção?

Por ser uma ave que chama muito a atenção por causa das suas penas e pela inteligência, a arara-verde atraiu o interesse de muitos compradores.

Por isso, o tráfico de aves teve um aumento, em especial para a América do Sul e para a América do Norte.

Com a redução do habitat natural, as florestas tropicais secas, que foi reduzido em quase 32%, a espécie está a caminho da extinção.

Além disso, nos últimos tempos a ave também tem se tornado em situação de ameaça por causa de alguns problemas pontuais como:

  • Desmatamento;
  • Perda de habitat por conta de plantações;
  • Populações fragmentadas;
  • Mineração e criação de estradas.

Assim uma das formas para evitar que a espécie desapareça é desestimular a sua compra e deixar claro que os animais selvagens pertencem à natureza.

É importante que haja conscientização, para evitar que sejam negociadas aves retiradas da natureza, as únicas que podem ser comercializadas são as criadas em cativeiro.

Mesmo as aves que nasceram em cativeiro ainda mantêm as características selvagens, o que os torna inadequadas para um ambiente doméstico.

Além disso, as araras-verdes são animais que precisam de espaço para voar, brincar e se movimentar e vão ter esse comportamento restrito em gaiolas.

Diminuição da população da ave

Essa arara tem uma população reprodutiva de 2 mil a 7 mil aves no momento atual e os estudos mostram que o número está diminuindo.

Isso já que o comércio irregular da ave faz com que haja uma baixa radical no número de aves para serem animais de estimação.

Ameaças naturais da arara-verde

Com o isolamento da espécie começou a haver a escassez da população e por isso já não interagem com outros bandos.

Esse comportamento faz com que corram riscos de consanguinidade e dessa forma aumenta a probabilidade de mortes prematuras e malformações. 

Que tipo de animal é uma arara?

Arara é o nome que se usa para se referir a várias espécies de aves da família dos psitacídeos, que inclui também papagaios e periquitos.

Mas as araras se destacam por causa de sua coloração vistosa, são bico forte e curvo, mandíbula musculosa, cabeça larga e pés curtos.

Psitacídeos, a família da arara

A família à qual as araras pertencem é de psitacídeos, e são aves que ficam, na maior parte do tempo, em regiões tropicais.

No entanto, algumas dessas aves são capazes de migrar e são mais facilmente encontradas em algumas regiões frias e subtropicais.

O que são os psitacídeos?

Psitacídeos é a família que tem as aves mais inteligentes do mundo, com o cérebro bem desenvolvido, algumas espécies são comercializadas como animais de estimação.

Assim,  no que diz respeito a características físicas, esses animais tem alguns atributos que chamam mais a atenção das pessoas como:

  • cabeça larga e robusta;
  • bico curvo e arredondado;
  • pés curtos;
  • plumagem com cores vibrantes.

Essas aves também têm a capacidade de imitar muitos tipos de som, inclusive palavras, por isso tem-se o costume de ensiná-las a falar.

Dessa forma, os papagaios se tornaram a espécie mais conhecida por causa do seu falatório e capacidade de se comunicar com as pessoas.

Os psitacídeos conhecidos

Os psitacídeos domésticos de que se tem mais conhecimento são as araras, as calopsitas e papagaios, são as aves mais escolhidas como animais de estimação.

Dessa forma, o comércio dessa ave só pode ocorrer caso sejam criadas em viveiros com o certificado do Ibama, animais selvagens não podem ser vendidos.

4.5/5 - (2 votes)

Outros pássaros para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *