Tico Tico

tico tico

O tico-tico é uma das espécies de pássaros mais conhecidas do Brasil, sendo reconhecido principalmente em decorrência do seu canto.

Para muitas pessoas, esta ave é tão popular quanto o pardal em nosso território, uma vez que pode ser considerado propriamente urbano e facilmente encontrado em cidades.

O que pode gerar um pouco de confusão é que cada região do nosso país dá um nome ao tico-tico, entre estes nomes estão: alta-caminho, titiquinha e ticão, gitica, mariquita-tio-tio, tiquinho, catete, cata-pilão, jesus-meu-deus, chuvinha, toinho, piqui-meu-deus e tico-tico-jesus-meu-deus.

Além do Brasil, a ave pode ser encontrada em outros países como no México, evitando apenas locais com florestas muito densas.

O tico-tico é uma das espécies de pássaros que mais sofre com a ação do Chupim, outra espécie de pássaro, que é conhecido por botar ovos em ninhos de tico-tico, para que estes criem os filhotes como se fosse seus.

Vale lembrar que o seu nome científico Zonotrichia Capensis, pertencente à família Passerellidae.

Caso deseja conhecer mais um pouco sobre esta espécie, continue lendo o texto. Confira!

Foto reprodução: Wiki Aves.

Características do tico-tico

É uma ave relativamente pequena, medindo de 14 a 15 cm de comprimento no máximo.

As aves adultas como não crescem muito possuem uma aparência compacta e roliça dando um ar delicado ao pássaro.

As colorações das penas em sua cabeça se distinguem do restante do corpo, sendo cinza com largas listras pretas que se iniciam desde o bico e vão até a nuca da ave.

Suas listras são mais finas e delicadas, passam pela parte de baixo dos olhos do pássaro, proporcionando riscos no rosto. A ave conta ainda com um pequeno topete.

Na região do pescoço, há como se fosse um colar de penas marrons avermelhadas que contornam toda esta região.

Já a região do corpo da ave, existe pena por todo o corpo com os mesmo tons de marrons mesclado com preto. A parte do peitoral é em tons de cinza com a região do papa um pouco mais clara.

Os pássaros mais jovens da espécie possuem uma coloração mais chamativa e vibrante e tons de cinza menos presente.

Têm como seus principais predadores, os animais como: cobras, corujas, gavião e, especialmente, uma ave conhecida popularmente de vira-bosta.

tico-tico
Foto reprodução: Wiki Aves.

Como criar um tico-tico?

Por se tratar de um animal silvestre é essencial ter autorização de órgãos ambientes internacionais, inclusive, é preciso procurar o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Além disso, também é essencial ter autorização de Secretarias do Meio Ambiente do Governo Federal, bem como de seu estado e também município em que reside.

Dessa maneira, ao desejar criar um tico-tico é essencial ter autorização para criar e, quem sabe, até comercializar esta ave.

Ao criar esta espécie em cativeiro é preciso promover um espaço saudável, limpo e higienizado diariamente.

Quem desejar criar este animal é importante ter a consciência que por se tratar de um animal silvestre, o tico-tico (fêmea e/ou macho) precisa de cuidados diários específicos, requerendo certo tempo de dedicação.

Além disso, é essencial realizar gastos financeiros para manter sua saúde e bem-estar deste pássaro, principalmente por estar entre o convívio de seres humanos que retiraram do seu habitat natural.

Vale lembrar que é muito difícil se obter a autorização para criar um pássaro que é tão raro, possuindo hábitos característicos e especiais.

Por isso, quem desejar cuidar do animal necessita encontrar criadores autorizados pelos órgãos ambientais para, dessa forma, adquirir uma espécie.

No geral, estes criadores não podem fazer a comercialização destes animais nascidos em cativeiros, porém, eles conseguem doar os filhotes desde que os órgãos ambientais sejam previamente comunicados.

Para facilitar neste processo é essencial se direcionar até o IBAMA ou algum órgão ambiental mais próximo da sua cidade.

Estes órgãos mantém uma lista atualizada constantemente com todos os criadores autorizados dentro do território brasileiro.

As vantagens de se procurar por um criador de animal silvestre autorizado são:

  • Não vai incentivar o tráfico nacional e internacional de animais;
  • Conseguirá ter a garantia de que o animal possui boa saúde;
  • Terá um animal mais acostumado com o convívio humano.

É importante situar que os criadores autorizados pelos órgãos ambientais adquiriram seus animais por conta do estado de saúde debilitado após fiscalizações de combate a tráfico ilegal de animais selvagens.

tico tico
Foto reprodução: Wiki Aves.

Reprodução

A reprodução ocorre no geral quando há um aumento da disponibilidade de alimentos, quando livres na natureza em seu habitat natural.

Isso ocorre geralmente no período das chuvas, desta forma, pode variar muito conforme a localização do pássaro no país.

O seu ninho possui o formato de uma taça, sendo feito de material vegetal seco como, por exemplo, galhos finos e forrados com gramíneas.

Também são até normal encontrar os ninhos aos poucos metros do chão e logo são vítimas fáceis de caçadores.

A fêmea põe em média de 2 a 5 ovos de cor verde azulado, onde pode ocorrer o aparecimento de algumas manchas marrom-avermelhadas no topo.

Os ovos serão incubados durante 12 a 14 dias pela fêmea e esta conta ainda com a ajuda do macho na alimentação dos filhotes que irão permanecer no ninho por cerca de 2 a 3 semanas, após a eclosão dos ovos.

Nesse período de reprodução se tornam totalmente territoriais e defendem seu espaço contra machos da mesma espécie de ave.

Foto reprodução: Wiki Aves.

Principais espécies

Ao todo, no Brasil existem 24 subespécies catalogadas, onde estas podem apresentar variações significativas na aparência da ave como nas faixas da cabeça e pescoço ou tom das cores na ave.

As espécies que vivem mais ao sul do nosso país e as que vivem em altitudes mais elevadas tendem a possuir asas mais pontiagudas e menos arredondadas.

Entre as 24 espécies conhecidas podem listar as principais sendo:

  • Tico-tico rei cinza: Ave com tom cinza chumbo com um topete sobre a cabeça vermelho com rajadas de preto.

tico tico rei

  • Tico-tico rei vermelho: Ave com o corpo em tons de marrom avermelhado, com o peitoral e topete com tons de vermelho mais forte.

Alimentação

A alimentação se baseia principalmente em sementes e grãos, mas ele também pode comer insetos, como grilos, besouros, larvas e cupins, além de frutas.

É normal ver a ave se alimentando em bandos até mesmo com outras espécies em locais onde os seres humanos colocam sementes e quirela.

O pássaro possui uma característica muito peculiar durante a sua alimentação, onde normalmente dá “pulos”, sendo uma forma de retirar as folhas do chão para ter acesso aos alimentos do solo, fazendo este ritual, até mesmo, em locais lisos e limpos.

Foto reprodução: Wiki Aves.

Gaiola

O modelo de gaiola mais indicado é a abaulada, com o teto do mesmo arredondado.

Com relação ao tamanho, caso você deseje criar um casal, esta deve possuir 1 metro de largura por 3 metros de comprimento e 2 metros de altura.

Além disso, é essencial ter bebedouro, comedouros e, principalmente, a superfície necessita estar higienizada todos os dias.

Média de preço do pássaro

A média do preço a se pagar em um Tico pode variar muito conforme a sua localização, mas uma boa média que podemos considerar é por volta de R$ 200,00.

Vale ressaltar que a venda de animal deve ser autorizada pela IBAMA e também secretarias do meio ambiente (estadual e municipal).

O tráfico e comércio de animais silvestres é crime federal que não tem fiança para comerciantes e criadores.

Ouça o canto da ave

É uma ave bastante conhecida pelo seu canto e também por conseguir realizar diversas vocalizações.

O pássaro possui um canto noturno que é bem diferente do canto diurno, onde este é produzido quando o animal fica muito assustado.

Considerações finais

O tico-tico está presente quase todas as regiões, estados e municípios do país, com exceção da Floresta Amazônica.

No entanto, esta ave prefere habitar principalmente a região sul e sudeste do Brasil.

Além disso, também é possível encontrar a espécie em alguns países da América Latina como: México, Panamá e Argentina.

Porém, apesar de não estar na lista de extinção de animais silvestres que correm o risco de extinção na classificação vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN).

A espécie do tico-tico está se tornando cada vez mais raro de ser encontrado aqui no Brasil e também em alguns países.

Neste momento, não há estudos científicos que comprovam as causas desse desaparecimento.

Isso decorre porque o seu desaparecimento pode ser provocado por diversos fatores como, por exemplo:

  • Diminuição do seu habitat nacional devido à devastação de matas e florestas;
  • A caça predatória oriunda do tráfico e comércio ilegal de animais silvestres;
  • O parasitismo do pássaro chamado como vira-bosta (que coloca seus ovos para o tico-tico chocar) está elevado por conta de algum desequilíbrio ambiental.

Vale ressaltar que o pássaro vira-bosta, também chamado de chupim, deposita seus ovos nos ninhos do tico-tico e, por consequência, os filhotes nascem mais cedo.

Os pais tico-tico deixam de lado a sua espécie, na medida em que decidem investir nos filhotes que aparentemente nasceram mais fortes.

Também é quase impossível desconhecer este animal, visto que ele é conhecido e foi imortalizado até internacionalmente pela cantora pop star, Carmem Miranda, ao interpretar a canção tico-tico no fubá. Veja, a letra da música em homenagem ao pássaro tipicamente brasileiro:

Tico-tico
O tico-tico tá
Tá outra vez aqui
O tico-tico tá comendo meu fubá
O tico-tico tem, tem que se alimentar
Que vá comer umas minhocas no pomar

O tico-tico
O tico-tico tá
Tá outra vez aqui
O tico-tico tá comendo meu fubá
O tico-tico tem, tem que se alimentar
Que vá comer umas minhocas no pomar

Mas por favor, tire esse bicho do celeiro
Porque ele acaba comendo o fubá inteiro
Tira esse tico de cá, de cima do meu fubá
Tem tanta coisa que ele pode pinicar
Eu já fiz tudo para ver se conseguia
Botei alpiste para ver se ele comia
Botei um gato, um espantalho e alçapão
Mas ele acha que o fubá é que é boa alimentação

O tico-tico tá
Tá outra vez aqui
O tico-tico tá comendo meu fubá
O tico-tico tem, tem que se alimentar
Que vá comer umas minhoca e não fubá

Tico-tico
O tico-tico tá
Tá outra vez aqui
O tico-tico tá comendo meu fubá
O tico-tico tem, tem que se alimentar
Que vá comer umas minhocas no pomar

Você gostou de conhecer um pouco mais sobre o tico-tico? Então, compartilha com os seus amigos nas suas redes sociais! É provável que todos queiram conhecer este magnífico e belo pássaro.

Outros pássaros para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *