Periquito-rei

Pertencente a família Psittacidae, o Periquito-rei é uma das aves mais conhecidas e queridas dos lares brasileiros.

Também conhecido popularmente como Jandaia-coquinho, este periquito se destaca pela sua testa e o contorno dos olhos, com plumagem em tom amarelo-vivo.

Outra característica que define esta raça é o uso do bico como uma espécie de terceiro pé, que o ajuda a escalar a ramaria.

É visto com mais frequência em bandos se deslocando de forma veloz, fazendo uma série de rápidas batidas com as asas, intercaladas com outras de asas fechadas.

Você ficou curioso (a) para conhecer um pouco mais sobre o periquito-rei? Então, é só iniciar leitura no texto abaixo. Confira!

Características do Periquito-rei

periquito rei

O nome científico do Periquito-rei é Eupsittula aurea, que significa “periquito bom e dourado”.

A ave, bastante popular no Brasil, pode ser conhecida por uma série de apelidos diferentes de acordo com a localização.

Dentre os diferentes nomes os mais comuns são: cabecinha-de-coco, coquinho-de-ouro, jandaia-coquinho, periquito-estrela, jandaia-estrela, aratinga-estrela, jandaia, ararinha e maracanã-de-testa-amarela

Além do Brasil, o Periquito-rei também pode ser encontrado na Argentina, Bolívia, Paraguai, Peru e no Suriname.

No Brasil ele é mais comumente avistado ao norte do rio Amazonas, no Pará e no Amapá.

O Periquito-rei é considerado um tipo de periquito de médio porte, medindo cerca de 27 centímetros e pesando por volta de 84 gramas.

Já sua expectativa de vida pode chegar até 30 anos vivendo em cativeiro.

Quando as suas características físicas de destaque, vale a pena citar a plumagem predominantemente verde.

Sua testa, a parte da frente da cabeça e a área ao redor dos olhos apresenta um tom mais alaranjado.

A parte de trás da cabeça e partes da nuca são azuis, as bochechas, a garganta e a parte superior do peito são verdes amarronzado claro.

Sendo um dos mais inteligentes de sua espécie, o Periquito-rei consegue segurar os frutos com a pata direita e retira as sementes com o bico, ingerindo-as posteriormente.

Ele também apresenta uma capacidade limitada de imitação da voz humana, sendo capaz de repetir algumas palavras.

Porém, na questão sonora, o que se destaca é seu “assobio”, podendo aprender com facilidade diversos hinos e músicas diferentes.

Alimentação do Periquito-rei

Assim como seus primos da mesma família Psittacidae, o Periquito-rei se alimenta principalmente de sementes.

Com o bico, ele consegue realizar uma pequena incisão nas frutas de sua preferência, geralmente próximo de uma das bordas, para retirar as sementes e ingeri-las.

Apesar da sua preferência por sementes, ele também é comumente visto se alimentando de frutas.

As frutas preferidas do Periquito-rei são: mangas, jabuticabas, goiabas, laranjas, mamões, mulungus, tapiá, tanheiro, laranja, banana, caju e sementes de palmeira.

Além disso, apresentando uma alimentação bastante variada, o Periquito-rei ainda pode se alimentar de flores e cupins alados.

Em cativeiro o periquito-rei tem uma boa aceitação ao ser alimentado de painço branco, painço vermelho, painço preto, painço verde, alpiste, aveia, senha e milho verde cru.

Reprodução do Periquito-rei

Reprodução do Periquito-rei

O Periquito-rei apresenta relacionamento monogâmico, ou seja, permanece com o mesmo parceiro ou parceira.

A época de reprodução costuma se iniciar no início de setembro, podendo se estender até o final de dezembro.

Cada ninhada possui, normalmente, de dois a quatro ovos, que são incubados apenas pela fêmea por 26 dias.

Para montar seu ninho o Periquito-rei utiliza principalmente palmeiras ocas, árvores ocas, barrancos, cupinzeiros, e formações rochosas.

Durante a infância, os filhotes são alimentados com frutos e sementes quebradas, regurgitados pelos pais.

Após o nascimento, os filhotes costumam ficar sob os cuidados dos pais por cerca de 52 dias, até conseguirem voar e procurar comida sozinhos.

O periquito rei fala?

Os periquitos bem treinados podem aprender a falar, porém, costumam apresentar um pouco mais de dificuldade para entender o vocabulário humano.

A maior dificuldade é ensinar os periquitos falarem quando estão mais velhos.

Questões legais

caracteristicas do periquito rei

Apesar de ser muito querido em território nacional, vale lembra que o Periquito-rei é uma animal classificado como “silvestre”, ou seja, legalmente ele não pode ser domesticado.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) ainda alerta que animais silvestres não devem ser retirados de seu habitat.

Ao retirar uma espécie como essa de seu lar natural é perigoso para a saúde do animar e sua preservação na natureza.

Por este motivo fique atento, criar essa ave é proibido por lei e como pena aplica-se multa e até mesmo prisão.

Gostou das informações sobre o periquito-rei? Então compartilha o post com seus amigos nas redes sociais e deixa seu comentário abaixo!

Fonte das imagens: Wikimedia Commons

5/5 - (1 vote)

Outros pássaros para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *