Galinha Minorca

Minorca

A minorca é uma das espécies de galinhas ornamentais ou exóticas de origem europeia, mais especificamente da Espanha.

Então, conheça mais sobre o comportamento e as características físicas da raça.

Qual é a origem da Minorca?

O nome da raça faz referência a sua origem, pois Minorca é o nome de uma das ilhas baleares da Espanha.

Assim, o animal é conhecido como galinha espanhola.

A ilha, também chamada de Menorca, está localizada no Mar Mediterrâneo e acredita-se que a raça é resultado do cruzamento de várias espécies locais.

Nesse caso, o precursor teria sido o frango castelhano.

Então, no século XVIII, o interesse pela espécie aumentou e aconteceram os primeiros cultivos.

Elas foram levadas à Inglaterra e fizeram tentativas de aumentar o peso da espécie por meio de experimentos, mas não deram certo.

Alguns anos depois, a galinha foi levada a outros países como Estados Unidos, Rússia e Alemanha.

Assim, também houve a padronização da raça em 1911.

Além das características físicas, uma grande diferenciação da espécie é o número de ovos que ela põe por ano, o qual pode chegar a 200 unidades.

Não apenas a quantidade, mas a qualidade da sua produção chama a atenção.

Isso porque, um ovo da espécie pode ter 70 g. Por isso, é tida como uma galinha poedeira.

Galo minorca em cativeiro
A minorca é uma das maiores galinhas de origem mediterrânea. Imagem do site Mundo Ecologia (link)

Quais são as características da galinha Minorca?

A galinha minorca pode ser diferenciada de outras raças especialmente por sua graciosidade e postura.

Conheça outros aspectos a seguir.

Principais características físicas

Em primeiro lugar, um grande destaque da espécie é a sua plumagem preto esverdeado, bem como seus lóbulos brancos e maiores que de outras raças.

Essa característica dos lóbulos, inclusive, é a razão do seu nome popular como “galinha cara de palhaço”.

Isso porque, o vermelho e o branco lembram a máscara de um palhaço.

A crista é vermelha e possui de seis a sete cortes, em média.

Nas fêmeas, ela fica dobrada para um lado, enquanto nos machos se apresenta ereta.

Os olhos são pretos ou castanhos, assim como o bico pode ter essa coloração mais próxima do preto.

Apesar da predominância de cores, a sua carne é branca.

A cabeça é pequena e alongada, bem como o seu pescoço.

A raça se destaca pela sua postura reta e uma cauda grande, além de exuberante.

As fêmeas da raça pesam até três quilos, enquanto os machos podem chegar a quatro quilos.

Assim, é considerada uma das maiores galinhas entre as mediterrâneas.

Comportamento

Elas têm a necessidade de se movimentarem, por isso, o ideal é criá-las em espaços grandes.

Aliás, elas passam pouco tempo paradas.

De modo geral, seu comportamento é tranquilo e ela consegue conviver bem com outras aves.

No entanto, com humanos a sua interação não é tão calma.

Isso não se deve à agressividade, mas a sua atitude assustada diante da presença de pessoas.

Tanto as fêmeas quanto os machos apresentam esse comportamento.

YouTube video

Alimentação

De modo geral, elas se alimentam de sementes e insetos que poderiam se tornar pragas em uma área com plantações.

Por isso, há quem as deixe no jardim com esse objetivo.

A alimentação também deve incluir uma ração composta, bem como vegetais, grãos, farelo e verduras.

O ideal é consultar um especialista para planejar a dieta da raça.

Especialmente para quem cria a minorca com o objetivo de ter uma boa produção de ovos, tanto a organização de um espaço adequado quanto a alimentação são importantes.

Imagem de galinha Minorca em gramado verde solta
A minorca pode ter uma produção de até 200 ovos por ano. Imagem do site Wikipedia (link)

Variedades desta raça de galinha

Além da mais comum com plumagem preto esverdeada, outras variedades fazem parte do grupo de galinhas menorquinas:

  • a galinha menorquina branca;
  • frango britânico;
  • anão alemão;
  • a galinha com plumagem azul.

A variedade branca possui o mesmo porte, o seu bico e garras são da mesma cor da plumagem.

Ainda assim, em alguns casos eles podem ser amarelados.

Elas possuem olhos vermelhos e a sua crista é rosa.

Então, as azuladas são muito semelhantes às pretas, mas sua coloração tende mais para o azul que para o verde.

O frango britânico possui um corpo branco com efeito prateado, além disso, possuem a cabeça e o bico na cor amarela.

Uma das principais diferenças está nos cortes na crista.

Já o anão alemão leva esse nome por ter um porte bem menor que a minorca, com peso de 800 gramas.

Aliás, ele foi o resultado do experimento no século XVIII.

Como cuidar da minorca?

Antes de tudo, é preciso ter um local para que a minorca possa circular livremente. Então, o ideal é que no verão elas tenham cerca de 2 metros para se movimentar.

Um cuidado essencial é evitar a umidade nos espaços em que a galinha vai ficar, bem como as correntes de ar.

Isso pode prejudicar a saúde dela.

Por outro lado, se o clima é de temperaturas baixas, deve-se manter o local de criação aquecido, já que em seu habitat de origem o clima é mais ameno.

A iluminação também é um fator essencial para manter o bem-estar do animal.

Então, é importante ter janelas que permitam a entrada de luz e um bom sistema de ventilação.

Já a altura do galinheiro, inclusive, pode chegar a dois metros.

Além disso, deve fazer poleiros com uma altura considerável, cerca de 75 cm em relação ao chão.

Reprodução

Caso tenha o objetivo de reprodução com a criação dessa galinha, é importante saber que o ideal é retirar ovos com esse fim apenas após a idade de dois anos da fêmea.

Outro fato interessante é que a espécie perdeu o instinto de incubação, diferente da galinha sedosa.

Então, esse é um dos pontos negativos de criar a raça.

Apenas para a produção de ovos, porém, pode-se começar a partir dos cinco meses de idade.

Aliás, esse é um dos principais objetivos de quem começa a investir na raça.

Apesar disso, elas não são as mais indicadas para produções em grandes quantidades.

Então, em geral, elas conseguem ter um bom número de ovos para exploração individual.

Montagem com fotos que focam no rosto do galo Minorca
A Minorca é considerada uma galinha ornamental por seu visual exótico. Imagem do site Orpington Club de France (link) e do site Plumage (link)

Quais são os principais usos que se faz da galinha minorca?

Como uma ave de grande porte para a sua espécie e com os seus aspectos particulares, pode-se criá-la com diversos objetivos.

Assim, os mais comuns são os seguintes:

  • consumo de carne;
  • produção de ovos com exploração individual;
  • contenção de pragas por se alimentarem de insetos.

Uma das vantagens de criar a espécie é que elas são boas caçadoras, então, o investimento com alimentação não é tão alto.

Apesar de suas utilidades, a galinha de cara branca, outro nome popular, é uma ave ornamental por suas características exóticas.

Avalie este pássaro: post

Outros pássaros para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *