Galo Índio de León

Índio de León

O galo Índio de León é um tipo de ave que tem suas penas usadas para a produção de iscas para a pesca de trutas.

Ou seja, é um animal bem peculiar criado em fazendas na região de Cirueño e muito famoso no meio da pescaria por ser incomparável.

Há muitos criadores da raça Índio de León atualmente?

A criação do Índio de León é feita, atualmente, por apenas sete produtores ao longo da província espanhola, contra 30 há alguns anos atrás.

Ao juntar, por exemplo, as raças indiana e a Pardo de León, existem apenas 1.000 aves contra 4.000 em décadas passadas.

Com isso, a situação é bem crítica, pois restam apenas 300 animais da linha Índio.

Dessa forma, tanto o galo indiano quanto o Pardo fazem parte do grupo de risco por lá.

A taxa de natalidade quando os ovos são incubados é por volta de 60%.

Então, fica mais difícil obter bons galos, fora os laços de sangue que interferem na baixa reprodução.

Galo índio de león diante de tela de ferro em terreiro
O galo Índio de León e sua cor cinza bela e inconfundível vive na Espanha. Imagem por Blogspot Pluma De Leon

Sobrevivência em jogo

Por ser um animal que requer muita atenção e trabalho árduo, já que as primeiras gerações dão penas ruins, os benefícios não são muitos.

Precisa gostar e muito da espécie para cuidar e viver da criação das galinhas, por isso, os jovens não têm muito interesse por essa área.

Não há como garantir que essa raça irá sobreviver e resistir a todos os fatores que ameaçam a sua existência, inclusive, as atitudes de alguns criadores.

Quais as características do Índio de León?

As principais características do galo Índio de León são um tronco forte e largo, cauda em forma de arco e coxas atléticas.

As asas são boas em tamanho, além disso, as patas têm quatro dedos longos bem separados, enquanto que o calcanhar é fino e forte.

Suas penas são usadas para simular asas de mosquitos que ficam perto das águas.

Assim, o peixe é atraído e fica mais fácil capturar quando estão vulneráveis no raso.

Mais detalhes do galo indiano

Os galos dessa espécie possuem um porte vigoroso, cabeça alta e forte, a crista vermelha é longa com um queixo grande e fino.

As plumas, por exemplo, refletem de forma usual um cinza azulado, mas variam de acordo com as cores das penas que podem ser:

  • cinza;
  • branca;
  • vermelha;
  • marrom;
  • preta.

Os ovos têm uma cor mais creme e possuem entre 40 e 45 gramas.

A princípio, o galo pesa por volta de dois quilos e 200 gramas, enquanto a galinha um quilo e meio.

Índio de León e Pardo de León são da mesma família?

Apesar do Índio de León e do Pardo serem conhecidos como “Galo Leão”, ambos são duas raças distintas e que não se cruzam.

Muitos dizem que produzem as melhores e mais brilhantes penas para a mosca de pesca, principalmente no caso das trutas.

As espécies são muito populares e consideradas essenciais para a captura de peixes em mais de quatro mil quilômetros de rios na província de Leão.

A reprodução do galo indiano é bem menor do que o Pardo, o que o torna um animal ainda mais raro.

Por isso, muitos não aguentam e desistem de criar, o que diminui a espécie.

Os galos pardos são escuros e possuem uma mancha bem peculiar, além de serem mais pesados.

Por outro lado, os indianos são menores, com penas mais claras e acinzentadas.

Teorias para uma pena diferenciada

Algumas teorias, como a existência de urânio na região, dizem ser a causa do brilho único na pluma do animal.

Porém, não há provas de radiação no local após testes serem feitos.

Ninguém sabe explicar porque o Vale do Curueño é o único lugar onde eles vivem.

Entretanto, o clima, a altitude e a alimentação devem influenciar na criação dos galos.

4/5 - (1 vote)

Outros pássaros para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *