Cacatua-rosa

Considerada a mais bonita e rara das cacatuas, a Cacatua-rosa pode chegar a custar até 20 mil reais.

Neste artigo vamos discorrer sobre as suas características, habitat e se é legal ter uma cacatua em casa.

Além das particularidades dessa ave que parece com o papagaio, e também é falante e extremamente inteligente.

Vamos abordar ainda sobre alguns cuidados a serem tomados quando se tem uma cacatua como animal de estimação.

Então, saiba tudo sobre essa ave exótica e bela lendo este artigo. Assim como informações sobre cuidados, principais características, peculiaridades e hábitos. Confira!

Cacatua-rosa

Principais características da cacatua-rosa

Também são chamadas de cacatua inca ou cacatua do Major Mitchel.

As cacatuas-rosa são geralmente são vistas em áreas áridas e semiáridas da Austrália, tendo como nome científico Cacatua Leadbeateri ao pertencer à família dos Psittacidae.

A cacatua-rosa regularmente apresenta coloração salmão no peito, abdômen e cabeça.

Além de apresentar uma coloração branca chamativa na parte mais abaixo do abdômen e no interior das asas.

Seus olhos geralmente apresentam a íris de cor marrom escura e ao redor dos olhos um circulo branco.

Os pés são na maioria das vezes de coloração cinza. Já o seu bico apresenta formato de banana de coloração cinza escura.

São muito inteligentes e imprevisíveis, na medida em que conseguem, por exemplo, copiar sons de outros animais e até mesmo a voz humana.

Elas também são donas de uma memória excelente e adoram papaguear com outras de sua espécie ao fazer muito barulho.

E mais, costumam subir no alto de árvores onde passam a maior parte do seu dia.

A cacatua pode chegar a viver até 80 anos e possuem tamanho médio, podendo medir em torno de 46 centímetros. Se alimentam de frutas, raízes, semente, larvas e insetos.

Nesse sentido, a sua alimentação é realizada principalmente durante o período diurno.

Para auxiliar na digestão, elas engolem pequenas pedras que ficam alojadas na moela.

Por sua vez, seu bico é extremamente forte e algumas cacatuas como a negra podem chegar a entortar barras de ferro.

Cacatua-rosa

Alimentação, diferenças entre cacatuas e papagaios e reprodução

Assim como os papagaios, seus pés apresentam-se como dois dedos virados para frente e dois dedos virados para trás.

O que oferece maior mobilidade e agilidade na hora de subir em árvores ou mesmo andar.

Por outro lado, a principal diferença e a mais marcante entre eles é que a cacatua possui uma crista móvel.

Dessa forma, dando certo charme e embelezando a ainda mais a ave.

Existem, ao todo, entre 17 a 20 espécies de cacatuas no planeta que habitam tanto as copas das árvores como o chão de países como a Austrália, Nova Guiné, África e Indonésia.

As espécies diferem umas das outras por suas cores e tamanhos, podendo ter apenas uma cor como a cacatua-rosa, a cacatua negra e a cacatua branca ou possuírem plumagem multicoloridas.

Indo além dessas características, as cacatuas são aves que permanecem com um companheiro e costumam passar a vida todos juntos.

Os machos e as fêmeas poucas diferem e criam seus filhotes, que podem ser de 3 a 4 por vez, juntos.

Uma curiosidade sobre a cacatua-rosa são que as fêmeas que começam a reproduzir aos 4 anos de vida, colocam os ovos.

Contudo, são os machos que chocam os ovos, em alternância com as fêmeas.

Os filhotes geralmente nascem entre 26 a 30 dias. Já as aves saudáveis buscam sua total independência logo após os dois meses de vida já começando seus voos.

Habitat, instalações e comercialização

Como dito anteriormente, a cacatua-rosa vive em áreas áridas e semi áridas do interior da Austrália. Local onde pode ser mais encontrada.

Apesar da cor exótica e rara, a cacatua-rosa apresenta estado de conservação pouco preocupante, saindo assim da lista de animais em perigo de extinção.

Devido a sua beleza, muitas pessoas querem ter uma cacatua como animal de estimação. Contudo, sua comercialização no Brasil depende de registro do IBAMA.

Algumas lojas no país comercializam a ave, porém, dependendo do tamanho, idade e cor seu preço pode variar entre 8 mil e 20 mil Reais.

No caso da cacatua-rosa seu valor no mercado é considerado um dos mais altos.

Em suma, além de precisar de um registro do IBAMA, o tutor da ave deverá tomar uma série de cuidados. Dessa forma, cuidados especiais em relação a saúde dessas aves.

Apesar de precisar de uma alimentação simples, além de ração especial, a cacatua geralmente morre em decorrência de parasitas.

Na maioria das vezes por falta de cuidados básicos de higiene de seus donos no local onde vivem e comem.

Cacatua-rosa

Criação em cativeiro

A comercialização da cacatua-rosa em cativeiro deve seguir exigências e normas de proteção do Ibama. Além de manter a documentação de regularização em dia.

Para a criação da ave para comercialização, os criadouros devem manter instalações como gaiolas grandes ou viveiros, o que é o mais recomendado. O ambiente deve permanecer sempre limpo e higienizado.

As instalações deverão ser arejadas, porém, sem frequentes correntes de ar, as cacatuas preferem o sol da manhã.

Então mais uma exigência para que a ave tenha uma vida longa e saudável junto com os seus tutores.

Neste artigo, abordamos as principais características e cuidados para manter a saúde da cacatua-rosa. O que acha de compartilhar este conhecimento com os seus amigos nas redes sociais?

Eles também querem conhecer um pouco mais sobre essa ave exótica e bela que é querida por todos. Compartilhe!

Outros pássaros para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *