Galinha pinta asturiana

Pinta asturiana

Pinta asturiana é um pássaro que descende da família das galinhas e foi criado na Espanha.

Contudo, é visto como uma ave rara por existir cerca de 2 mil vivas, no momento.

Mas, também é uma espécie em que se pode consumir a carne e os seus ovos.

O que é pinta asturiana?

Pinta asturiana é um pássaro que descende da raça espanhola das galinhas.

Assim, essa é a única raça nativa dos principados das Astúrias, no noroeste da Espanha.

Seu nome vem de uma língua asturiana, onde ‘pinta’, significa o mesmo que pintado ou também manchado.

O pássaro também pode ser conhecido como Pita Pinta.

Dá para dizer que essa também é uma espécie rara, com cerca de apenas 2 mil aves vivas dessa raça.

Ela está preservada em quatro variedades de cores, como preto e vermelho.

Nas Astúrias, esse é um animal consumido durante todo o ano, mas de maneira especial no Natal, seja cozido ou também servido com arroz.

Galo e galinha ciscando em terreiro com grama verde no solo, ambos de espécie pinta asturiana
A Pinta asturiana é uma espécie rara que surgiu no país da Espanha. Imagem: de JoséP no Pinterest.

História da raça

A pinta asturiana pertence ao mesmo ramo das galinhas domésticas e têm origens comuns com outras que vêm do norte da Espanha, como a Euskal.

Nos anos de 50 a 60, o número de aves de raças começou a cair de uma maneira drástica.

Mas, começou a se recuperar durante 1980 a 1990 e evitou de serem extintas do planeta.

Houve uma associação que surgiu no ano de 2003, com cerca de 52 membros e que possuíam 1842 aves.

Por fim, em 2013, foi registrado um total de 2172 pássaros do tipo.

Quantos anos a pinta asturiana pode viver

A pinta asturiana é uma raça de vida longa, que pode chegar de quatro a cinco anos viva.

Os detalhes dependem de como será a sua criação para mantê-la viva.

Ela não é uma raça muito fácil de se chocar dentro do inverno, mas tem uma boa capacidade para botar ovos durante todo o ano.

Graças a esse fator, ela não é uma espécie que chega a ter muitos filhotes para a estação de verão.

Portanto, é comum que surja uma quantidade bem limitada nessa fase do ano.

Como são seus ovos

Seus ovos tem uma cor creme meio queimada e também possuem uma textura bem macia.

Contudo, eles têm um peso em torno de 60 a 65g, como uma média da espécie.

Galo de espécie pinta asturiana em terreiro com solo batido
A Pinta asturiana é uma espécie rara que tem apenas cerca de 2 mil aves vivas. Imagem: de Rachel Corley Owens no Pinterest.

Aparência de pinta asturiana

Essa é uma ave bem compacta, tanto de tamanho, quanto de peso, além do macho e fêmea serem diferentes e cada um tem seu peso:

  • fêmea: 2,5 a 3 kg;
  • macho: 4 a 4,5 kg.

Possuem uma cauda curta, bem como, os olhos são alaranjados e as orelhas, são em tom vermelho.

A crista também consegue ser maior para os machos do que nas fêmeas.

A penugem é meio amarelada, assim como o bico e as patas, mas sempre com algumas manchas pretas.

Dentre as variedades de cores, esses detalhes podem mudar também.

O macho e a fêmea podem se parecer pela plumagem, até que as suas características sexuais comecem a se separar uma da outra, para diferenciá-los.

Foi a sua plumagem tão bonita e distinta que mais chamou a atenção para essa ave, até o momento.

Ainda mais por conta das penas em uma cor azul esverdeada, como destaque.

Imagem de galo da espécie Pinta asturiana em ambiente livre com árvores ao fundo e folhas secas no solo
A Pinta asturiana também pode ter as suas penas pretas e meio esverdeadas. Imagem: de JoséP no Pinterest.

Dá para domesticar a pinta asturiana

Trata-se de uma espécie bem rara para se criar, mas a pinta asturiana não precisa de machos para botar ovos.

Ela pode botá-los cerca de duas a três vezes por semana.

Essa é uma das espécies que existem que mais precisa de proteção ambiental.

Por fim, algumas de suas outras curiosidades, são alguns detalhes como:

  • foi uma raça popular até a revolução industrial;
  • tem uma carne de qualidade.

Os seus ovos e o animal são vistos como saborosos, ainda mais quando se cria a pinta asturiana dentro da natureza, ao quais são sensíveis.

4.5/5 - (2 votes)

Outros pássaros para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *