Canário-do-campo

O canário-do-campo é uma espécie da família Thraupidae. Além disso, é uma ave conhecida especialmente por ser muito sociável, valente e elegante.

E mais é um animal que possui a habilidade de resiliência para mudar de ambiente, sem conseguir se prejudicar.

Também é considerado um cantor insaciável devido a sua capacidade de cantar por um longo período.

Este pássaro também consegue emitir um piado curto e metálico para como alarme e é respondido pela parceira.

Saiba mais sobre o canário-do-campo, aqui você vai descobrir sobre suas características, hábitos, alimentação e até vai saber como funciona sua reprodução. Confira!

Canário-do-campo

Quais as características do canário-do-campo?

Essa pequena ave se destaca devido a sua cauda comprida que são facilmente identificados através do voo, porque sua cauda se move para cima e para baixo de forma singular.

Outra exclusividade desse canário é como sua cauda fica aberta quando está pousado nas copas de arbustos.

Assim podemos ver claramente como sua cauda é gradual, começando grande no meio e diminuindo nas laterais.

Sobre suas outras características corporais podemos citar sua forma, para que não sejam confundidos como, por exemplo:

  • Sua coroa e costa possui uma coloração marrom-camurça, com listras preta-acastanhadas;
  • A face próxima do olho é acinzentada;
  • Frente do olho possui um pequeno círculo branco;
  • Bochecha e sobrancelha possuem uma cor marrom-esbranquiçado;
  • A barriga e garganta são brancas;
  • O bico pontudo amarelo cintilante com a parte superior escuras;
  • A plumagem das asas primarias são verde-oliva radiante;
  • Ombros amarelo;
  • Pernas rosada ou amareladas.

No entanto, os canários filhotes têm as sobrancelhas e o lado inferior amarelo.

Também contém a mandíbula esbranquiçada e os lados do peito são listrados.

Ao pertencer à família Emberizidae, o canário-do-campo tem o nome cientifico de Emberizoides herbicola.

Este animal pode medir 20 cm e pesar 30 gramas. No entanto, esse canário acabou sendo atualizado e colocado na família Thraupidae na classificação taxonômica.

Além disso, o canário dessa espécie pode receber diferentes nomes dependo da região na qual está fixado.

Ou seja, o canário-do-campo pode ser conhecido na sua cidade como, por exemplo: canário-do-amazonas, tibirro, joão-mole, canário-do-brejo, tibirro-do-campo e mole.

Alimentação, Hábitos e Reprodução

Na época de acasalamento, o canário-do-campo macho é totalmente devoto a fêmea. Também é fiel ao território, defendendo-o de outros machos da espécie.

Outro fato é que ele vibra as asas e move a longa cauda para cima e para os lados.

O casal costuma procriar até 3 ovos por ninhada e se reproduzem nos meses de maio a setembro.

Essas aves costumam habitar lugares úmidos onde contém gramíneas, arbustos e árvores esparsas.

Elas também gostam de ficar em lugares de grama alta que não estejam desgastadas ou queimadas.

A espécie já foi encontrada em algumas regiões como: Nordeste, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.

Além disso, habitam em países estrangeiros da América do Sul como, por exemplo, Bolívia, Argentina e Paraguai.

A alimentação desse pássaro consiste em sementes no chão ou em talos de gramíneas e insetos.

Vale situar que essa ave pertence a ordem de Passeriformes, sendo de pequeno porte.

Como cuidar de um canário?

O canário-do-campo é uma ave autorizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) para criação doméstica.

Além disso, em cativeiro ela pode chegar a viver 20 anos, enquanto que na natureza seriam apenas seis anos.

Isso acontece porque na natureza eles ficam exposto a muitos predadores. De forma, que seu tempo de vida seja menor do que como animal doméstico.

Porém, para criar essa pequena ave, são necessários alguns cuidados para que possam atender às suas necessidades como, por exemplo:

  • Gaiolas com 40 cm de comprimento x 40 cm de altura x 25 cm de largura;
  • Bebedouro limpo com água filtrada;
  • Colocá-lo fora de casa para tomar banho de sol;
  • Alimenta-lo com farinhada de insetos, sementes e papa de ovos;
  • Ninhos prontos adequado para a gaiola;

No caso de reprodução da espécie é aconselhável utilizar gaiola de reprodução.

Desta forma, a gaiola precisa possuir 60 cm de comprimento x 40 cm de altura x 30 cm de largura.

Sempre é necessário deixar a disposição do casal, fibra de sisal, raiz de capim ou crina de cavalo para que forrem o ninho.

Também é indicado usar uma divisória quando a fêmea der cria, porque eles não podem ficar juntos integralmente para não ter brigas.

Como visto você acompanhou um guia com todas as informações sobre o canário-do-campo.

Esta é a hora de mostrar aos seus amigos o que aprendeu sobre este querido animal. Compartilhe este artigo em suas redes sociais e não se esqueça de deixar seu comentário no post!

Outros pássaros para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *