Siriema ave

Seriema

A Seriema é uma ave endêmica da América do Sul, ou seja, não existe em nenhum outro lugar do mundo a não ser neste continente. Entretanto, a maior área de ocorrência está no Brasil, ou seja, é uma joia nacional que deve ser preservada.

Ela faz parte da família Cariamidae, seu nome científico é Cariama cristata. É também conhecida como seriema-de-pé-vermelho ou sariema, no Estado do Ceará.

O seu nome vem do tupi “çariama”, onde “çaria” significa crista e “am” significa levantada. Sendo a presença da crista de penas uma das características mais marcantes desta ave.

Veja a seguir mais detalhes a respeito deste lindo animal que faz parte da riquíssima fauna do Brasil.

Onde vive o Siriema?

As seriemas são aves típicas do Cerrado brasileiro, sendo atualmente considerada um símbolo do Estado de Minas Gerais.

Ela ocorre principalmente em áreas abertas. Ela pode ser encontrada em toda a região Sul e Sudeste, mas também está presente desde o Maranhão, até o Sul do Pará e oeste do Mato Grosso.

Ela também pode ser encontrada no Uruguai, Argentina, Paraguai e Bolívia.

Do que os Siriemas se alimentam?

A alimentação da seriema consiste em insetos e pequenos vertebrados como, por exemplo lagartos pequenos, sapos, cobras pequenas, roedores, minhocas e até mesmo ovos de outras espécies de aves.

Quando esta ave se alimenta ela mata a sua presa utilizando o bico, que é também utilizado para cortar pequenos pedaços da presa para engolir.

Como criar siriema em cativeiro?

Siriema
Siriema. Foto: Reprodução.

Somente jardins zoológicos e criadouros estão autorizados a criarem e manterem estes animais em cativeiro. Todas as normas de manejo são regulamentadas pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente).

Geralmente, os animais devem ser mantido em ambiente com uma temperatura agradável, nem muito frio e nem muito quente. Já que é preciso lembrar que estes animais vivem principalmente no quente cerrado brasileiro.

Iluminação deve ser a natural, sempre que possível, com local para banhos de sol. Água deve ser fornecida sempre fresca e disponível o tempo todo.

É importante que o recinto tenha um tamanho adequado, para que o animal possa ter comportamentos muito semelhantes ao que teria em vida livre, como correr, tomar banho de areia, e forragear no substrato do recinto.

A alimentação também deve ser adequada, oferendo insetos vivos como tenébrios, grilos e lagartas. Caso haja disponibilidade camundongos também podem ser oferecidos.

Onde comprar ave siriema

A venda de todas as aves silvestres brasileiras é regulamentada pelo IBAMA. Nem todas as aves silvestres podem ser comercializadas legalmente no país.

No caso da seriema, a sua venda não é autorizada pelo IBAMA, portanto, quem mantém um animal destes em casa está fazendo isto ilegalmente.

Os únicos órgãos que estão autorizados a manter a seriema em cativeiro são os Jardins Zoológicos e os criadouros.

Reprodução

Geralmente os ninhos da seriema são feitos no chão. Entretanto, também podem ser encontrados a até 4 ou 5 metros de altura. O ninho é feito com gravetos, então forrado com barro, folhas secas e estrume de gado.

As fêmeas fazendo a postura de 2 ovos a cada estação reprodutiva. Estes ovos são brancos com algumas pequenas manchas marrons. Os filhotes levam de 24 a 30 dias para nascer.

O casal se reveza para chocar os ovos e nos cuidados com a prole. Depois de 2 semanas os filhotes já saem do ninho e ficam acompanhando os pais. Demora entre 4 a 5 meses para que eles adquiram a plumagem de indivíduos adultos.

Canto do Siriema

O canto da seriema é bem marcando e pode ser ouvido a até mais de 1 km de distância. Os gritos são bem altos e longos, como risadas. Conforme a ave vai repetindo o canto, estes gritos são se acelerando.

Elas podem ficar cantando por vários minutos seguidos. Somente quem teve a oportunidade de presenciar este canto, sabe o quanto ele é bonito.

Características

A seriema possui as penas com uma coloração cinza-amarelada que contem alguns riscos escuros. O abdomem geralmente é de cor mais clara e tanto o bico quando as penas são de coloração vermelha.

Possui uma crista formada de um pequeno tufo de penas mais longas, que chega a 12 cm de altura. A altura média que ela atinge é de 70 cm de altura, mas pode chegar a até 90 cm, podendo pesar até 1,4 kg.

Não há diferenças de tamanho e na plumagem de machos de fêmeas portanto, não é possível diferenciá-los apenas observando estas características.

Os animais podem viver tanto sozinhos, quanto em casais ou pequenos grupos.

É uma ave que não gosta muito de voar, optando por correr quando precisa fugir de algum predador. Ela pode facilmente chegar a até 50 km/h, e somente então alçar voo.

Veja também

chupim

Chupim

O Chupim é uma espécie nativa do Brasil que também está presente na Argentina, Uruguai, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *