Papa Capim

Características do papa capim

O papa capim é um pássaro pertencente ao gênero Sporophila, na tradução significa, ave que tem afinidade com sementes, já ¨sporo¨ equivalente a semente e “phila”  quer dizer afinidade.

Em sementes também incluímos o capim, daí origina-se seu nome.

A espécie do papa capim não é única dentro do gênero Sporophila, existem outras aves da família Emberizidae e da ordem dos Passeriformes que correspondem a cerca de 5.400 espécies de pássaros.

Sua principal característica comum é a alimentação baseada em sementes, frutos e pequenos invertebrados. A seguir conheça mais um pouco sobre este querido pássaro silvestre!

papa-capim
Foto reprodução: Wiki Aves.

Características do papa capim

Esse pássaro é comumente encontrado em habitats como, por exemplo, campos, áreas de cultivo, vegetação, beiras de estradas e matas. De forma geral, a ave vive em bandos, sendo que muitas vezes formados por outros pássaros.

Dentre os países que podem ser encontrados o pássaro papa capins estão:

  • Brasil;
  • Argentina;
  • Colômbia;
  • Bolívia;
  • Costa Rica;
  • Equador;
  • Granada;
  • Panamá;
  • Suriname;
  • Peru;
  • Paraguai;
  • Venezuela.

Uma característica marcante dessa espécie é o seu belo canto e também suas penas em cores diversas, o que põe estes pássaros no alvo de traficantes de animais. Eles podem medir entre 11 a 12 centímetros.

Vale lembrar que a espécie não faz parte da lista de animais que correm o risco de extinção na classificação vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN).

No entanto, quem for pego criando ou comercializando esta espécie poderá sofrer detenção de no mínimo seis meses a um ano de acordo com a gravidade.

Foto reprodução: Wiki Aves.

Principais espécies do Papa Capim

Existem inúmeras espécies de papa capins que podem ser encontrados em nossa fauna brasileira, conheça a seguir algumas delas:

Pixoxó

Seu nome científico é Sporophila frontalis, sendo que é conhecido em algumas regiões do país também como, por exemplo, chanchão, xexéu,catatau, pichochó, chachá e estalador.

Por sua vez, o seu habitat são geralmente os taquarais da Mata Atlântica. Eles também podem medir cerca de 10 centímetros, pesando ente 19 a 21 gramas.

A plumagem é mais comum na tonalidade verde-oliva ou bege nas partes superiores e listas brancas amareladas na parte lateral das asas.

Pixoxó
Foto: Reprodução

Patativa

O habitat natural do pássaro patativa são as orlas das matas, cerrado e a vegetação ribeirinha.

A ave pode medir cerca de 10, 5 centímetros, com uma plumagem dos machos da cor cinza-azulada, sendo a barriga branca e também com listas brancas nas asas.

Por sua vez, as fêmeas e os filhotes são da tonalidade de pardos.

Patativa
Foto: Reprodução

Bigodinho

O bigodinho mede cerca de 10 centímetros de comprimento, onde seu nome é oriundo das manchas brancas em suas bochechas.

Já os machos têm a plumagem preta e branca, com bico preto pequeno, enquanto a fêmea tem penas na tonalidade de pardas e o bico amarelado.

Os bigodinhos costumar viver em campos abertos, áreas de cultivo e plantações, principalmente, próximo da água.

Bigodinho

Coleiro Baiano

O nome científico do pássaro coleiro baiano é Sporophila nigricollis, sendo também popularmente conhecido como: bico-de-prata, cabecinha-preta, coleirinha- baiano, coleiro-paulista, papa-arroz, capuchinho e pretinho.

Por sua vez, o seu habitat natural são naturalmente ambientes como, por exemplo, matagais e pastagens agrícolas de alta altitude.

A plumagem dos machos é de tom amarelo claro, quase branco e na cabeça possui um tipo de capuz preto com algumas partes marrons.

Esta espécie chega medir cerca de 10 centímetros, sendo que as fêmeas têm penas beges e os filhotes pardos.

Coleiro Baiano
Foto: Reprodução

Patativa Chorona

Com o nome científico Sporophila leucoptera, a ave patativa chorona pode ser chamado também de: bico-vermelho, bico-de-lacre, boiadeiro, cigarra-rainha ou chorão.

O pássaro consegue habitar áreas de vegetação baixa que estão próximas a cursos de água, pântanos e margens de rios ou lagos, inclusive, mede cerca de 10 centímetros e pesa, em média, entre 15 a 16 gramas.

As penas dos machos são cinza nos membros superiores e brancas nos inferiores. A plumagem das fêmeas é marrom-olivácea na parte de cima e bege-amarronzada na parte de baixo, sendo que os filhotes possuem são pardos.

Patativa Chorona
Foto: Reprodução

Coleiro

Este pássaro é popularmente conhecido como Coleirinha. Já o seu nome cientifico é Sporophila Caerulescens.

A espécie tem o costume de habitar as beiras de mata, pastos, brejos e também pomares.

Nos machos, a plumagem apresenta um colar normalmente branco nas penas negras, dando origem ao seu nome. As penas dos peitos podem ser amarelas ou brancas.

Os bicos são amarelados ou cinzas esverdeados, enquanto as fêmeas são pardas.

Vale lembrar que eles conseguem chegar a medir cerca de 10 centímetros de comprimento.

Coleiro
Foto: Reprodução

Coleiro-do-brejo

Este pássaro é conhecido também como: coleirinha-do-brejo, pássaro-frade ou coleira-do-sertão.

Por sua vez, o nome científico Sporophila collaris vive em habitats como, por exemplo, campos abertos e de cultivo, pântanos, capinzais e brejos de vegetação alta.

A ave também chega medir cerca de 10 cm de comprimento, pesando de 13 a 14 gramas.

Os machos têm plumagem marrom no peito e as asas pretas e marrons, no pescoço uma faixa preta parecendo uma coleira, a cabeça preta, branca e marrom, as fêmeas são pardas. 

Coleiro-do-brejo
Foto: Reprodução

Pintassilgo de cabeça preta

A ave pintassilgo de cabeça preta mede, no geral, até 13 centímetros de comprimento.

Por sua vez, os machos têm as plumagens inferiores amarelas, acima do dorso esverdeado, cabeça, asas e caudas pretas, já as fêmeas são acinzentadas.

Vale lembrar que estes animais chegam habitar, principalmente campos abertos.

Pintassilgo de cabeça preta
Foto: Reprodução

Como criar um papa capim?

Por se tratar de um animal silvestre é essencial ter autorização de órgãos ambientes internacionais, inclusive, é preciso procurar o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Além disso, também é essencial ter autorização de Secretarias do Meio Ambiente do Governo Federal, bem como de seu estado e também município em que reside.

Dessa maneira, ao desejar criar um papa capim é essencial ter autorização para criar e, quem sabe, até comercializar esta ave.

Ao criar esta espécie em cativeiro é preciso promover um espaço saudável, limpo e higienizado diariamente.

Quem desejar criar este animal é importante ter a consciência que por se tratar de um animal silvestre, o papa capim (fêmea e/ou macho) precisa de cuidados diários específicos, requerendo certo tempo de dedicação.

Além disso, é essencial realizar gastos financeiros para manter sua saúde e bem-estar deste pássaro, principalmente por estar entre o convívio de seres humanos que retiram do seu habitat natural.

Vale lembrar que é muito difícil se obter a autorização para criar um pássaro que é tão raro, possuindo hábitos característicos e especiais.

Por isso, quem desejar cuidar do animal necessita encontrar criadores autorizados pelos órgãos ambientais para, dessa forma, adquirir uma espécie.

No geral, estes criadores não podem fazer a comercialização destes animais nascidos em cativeiros, porém, eles conseguem doar os filhotes desde que os órgãos ambientais sejam previamente comunicados.

Para facilitar neste processo é essencial se direcionar até o IBAMA ou algum órgão ambiental mais próximo da sua cidade.

Estes órgãos mantém uma lista atualizada constantemente com todos os criadores autorizados dentro do território brasileiro.

As vantagens de se procurar por um criador de animal silvestre autorizado são:

  • Não vai incentivar o tráfico nacional e internacional de animais;
  • Conseguirá ter a garantia de que o animal possui boa saúde;
  • Terá um animal mais acostumado com o convívio humano.

É importante situar que os criadores autorizados pelos órgãos ambientais adquiriram seus animais por conta do estado de saúde debilitado após fiscalizações de combate a tráfico ilegal de animais selvagens.

Reprodução do papa capim

Em geral, a maioria desta espécie de ave consegue fazem sua reprodução em ninhos construídos com capins.

Os animais costumam instalar seus ninhos sob o topo de árvores com cerca de 3 metros acima do chão.

Já as fêmeas botam em média entre 02 a 03 ovos, principalmente entre a primavera e o verão.

 

Alimentação

Sua dieta baseia-se em sementes, pequenos frutos e invertebrados (como alguns insetos).

Ou seja, esta espécie de ave é granívora e costuma incluir na sua dieta uma alimentação como quirera de milho.

alimentação do paca-pim

Gaiola ideal

A gaiola ideal é a criadeira com divisória no meio que geralmente é feita de arame. Com poleiros, comedouros e bebedouros, seu tamanho 60 cm de comprimento, 30 cm de largura e 35 cm de altura.

Vale lembrar que a gaiola precisa ser higienizada todos os dias, além de procurar manter distância excrementos e restos de alimentos.

Também é necessário ter bebedouro com água mineral, assim como todos os alimentos devem altamente higienizados com também água corrente.

papa capim na gaiola

Média de preço do pássaro

No Brasil, infelizmente, esta espécie é facilmente comercializada pelas pessoas em lojas de animais pet, feiras ou estabelecimentos irregulares.

Seu preço geralmente tem sofrido uma variação que gira em torno de R$400 a R$1.300.

paca-pim

Canto do Papa Capim

É um canto melodioso, sendo considerado por muito como um dos mais bonitos da natureza.

O seu canto é um dos principais motivos que causam a sua captura para comercialização de animais silvestres que totalmente ilegal dentro do território nacional.

Considerações finais

O papa capim não faz parte da lista de animais que correm o risco de extinção na classificação vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN).

No entanto, quem for pego criando ou comercializando esta espécie poderá sofrer detenção de no mínimo seis meses a um ano de acordo com a gravidade.

Em alguns estados, a legislação consegue ser mais branda de modo que é penalizado apenas com o pagamento de multas.

Porém, os ambientalistas, biólogos e ativistas são preocupados com a devastação do seu meio ambiente que tem diminuído o seu habitat natural.

Outra preocupação é com relação ao tráfico e comercialização de animais silvestres que especialmente desta espécie chega ser quase naturalizada em algumas regiões do Brasil.

Gostou do conteúdo? Então, compartilha o post com seus amigos nas redes sociais e deixa seu comentário abaixo com dicas de criação para o papa capim!

Outros pássaros para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *