Beija-flor-de-orelha-violeta

O beija-flor-de-orelha-violeta é uma ave apondiforme, na medida em que são pássaros de porte pequeno e são caracterizadas pelo bico longo.

Estes pássaros têm o metabolismo muito acelerado, além de ter as asas longas que chegam bater com muito depressa.

As aves dessa espécie medem em torno de 15 cm. Assim os machos são da cor esverdeados misturada com o roxo e suas orelhas violeta.

Já as fêmeas não têm as mesmas marcas do macho, como a orelha violeta ela é verde esbranquiçada.

Agora, o filhote possui penas na cor marrom com tons de verde que mudam de acordo com o passar do tempo.

Desta forma, quando o pássaro se torna jovem sua característica muda fica como o macho com cores violetas ou como fêmea verde esbranquiçada.

Conheça um pouco mais sobre o beija-flor-de-orelha-violeta. Você sabia que eles são muito comuns aqui no Brasil? Saiba como é a sua vida em detalhes nesse artigo.

A reprodução do Beija-flor-de-orelha-violeta

Quando chega a época da reprodução, o macho procura a fêmea para ficar voando em volta dela e batendo as asas.

O beija-flor macho é quem faz o ninho, eles preferem galhos finos e usa muitos gravetos, papéis e teias de aranha.

Este pássaro consegue enrolar todo esse material colhido e faz tipo uma cestinha redonda e a fêmea bota um ou dois ovos. Após esta etapa, o animal fica no ninho e não sai muitas vezes no dia. Já o período de incubação é 15 a 20 dias.

Contudo, o macho é quem traz alimento, uma vez que o beija-flor fêmea sabe que se sair do ninho e tiver muito frio os embriões podem morrer.

Por sua vez, quando os filhotinhos estão preparados para nascer, ela também não sai mesmo do ninho para dar segurança a eles e mantê-los aquecidos.

Beija-flor-de-orelha-violeta

Os hábitos do Beija-flor-de-orelha-violeta

O beija-flor-de-orelha-violeta come néctar de uma maior variedade de flores e insetos bem pequenos com formiga e aranha. Essa espécie é muita conhecida no Brasil.

Seu habitat é variado, elas ficam mais no centro oriental, gostam de campos, locais semiabertos, parques e jardins.

Portanto, quando chegam à chuva eles gostam de ir para o cerrado e campos. Em tempos de seca voam para a as beiradas das matas.

Em contrapartida, ao chegar o outono, o beija flor vai para outras regiões mais altas.

Ele é muito territorialista e defende de forma expressiva suas flores, sendo que é possível conhecer seu canto por ser alto e agudo que vai até o anoitecer.

A espécie se destaca pelo seu conato, por ser territorialista e é conhecido também como beija-flor cantador ou do canto.

Beija-flor-de-orelha-violeta

Curiosidade do Beija-flor

As curiosidades do beija-flor-de-orelha-violeta são aspectos que o torna interessante. Vamos ver aqui algumas particularidades desse pássaro:

  • Este pássaro é dos mais comuns do Brasil;
  • Tem o nome de zununes chamados assim por causa do bralho que fazem quando batem as asas enquanto voam;
  • Conseguem bater as asas aproximadamente 80 vezes por segundo;
  • São os menores pássaros do mundo;
  • A origem dos beija-flores é na América Central, mas podemos encontrar em outros locais do mundo;
  • Por serem pequenos conseguem planejar seu voo;
  • Conseguem chegar em mais de 1000 flores por dia para conseguir comida;
  • Eles gastam muita energia no voo e por isso comem até 60 vezes por dia;
  • Seus bicos longos são para alcançar a profundidade das flores;
  • Essas aves tem a língua parecida com “w” para ajuda na drenagem do néctar tirado das flores.

Neste artigo, você teve a oportunidade de saber tudo sobre a vida do beija-flor-de-orelha-violeta. Agora, você precisa compartilhar este artigo com os seus amigos nas redes sociais. Compartilhe!

Outros pássaros para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *