Papagaio-de-peito-roxo

Papagaio-de-peito-roxo

O censo do Papagaio-de-peito-roxo foi feito para realizar uma análise sobre a extinção dessa ave.

Tal qual constatou que este pássaro está ameaçado e precisa de cuidados intensos.

Isso para evitar que elas entrem em extinção e ter um controle sobre elas.

O que é Papagaio-de-peito-roxo?

Papagaio na natureza em árvore com galhos secos e sem folhas
Papagaio-de-peito-roxo que possui esse nome por sua característica cor roxa no peitoral o que o deixa ainda mais belo – Foto de Criadouro Fazenda Cachoeira no Facebook (Link)

Papagaio-de-peito-roxo é uma espécie de papagaio sul-americano que possui como característica que deu o nome a cor de seu peitoral roxa.

Essa ave é rara e assim com perigo de extinção, dessa forma há alguns casais que são monitorados para que não se concretize e essa espécie deixe de existir.

Possui como nome científico “Amazona Vinacea”, o primeiro vem do local, a todos os papagaios tropicais.

Assim o segundo é do vinho, por sua cor roxa.

Qual o nome popular do Papagaio-de-peito-roxo?

São diversos os nomes populares, tal qual anacã, paracuã, xauá, téu-téu, entre outros.

Assim, é comum variar de acordo com a região em que é encontrado.

Essa ave é um Psittaciformes, ou seja, possui um cérebro desenvolvido, da família Psittacidae.

Eles imitam de forma fiel o som que reproduz o que encanta as pessoas.

Qual a origem do Papagaio-de-peito-roxo?

É uma ave endêmica nativa da Mata Atlântica, que se habita na região da Bahia ao Rio Grande do Sul, sudeste do Paraguai e nordeste da Argentina.

É comum ser o papagaio sul americano, inclusive por sua origem e habitat original ser na América do sul.

Assim, vivem em florestas tropicais e subtropicais e mata pinhais.

Quais são as ameaças do Papagaio-de-peito-roxo?

As principais ameaças relacionadas com o Papagaio-de-peito-roxo são a perda de seu habitat, escassez de sua alimentação, assim como o dormitório.

Acontece também de ter caça e tráfico dessas aves o que prejudica ainda mais elas e causam ameaças muito sérias, assim como causar sua extinção total.

Porque o Papagaio-de-peito-roxo está em perigo de extinção?

Por todos os motivos já listados, além da alta procura para caça dessa espécie esse papagaio está em risco de extinção total do planeta.

O risco grave dessa ave desaparecer, infelizmente não são as causas naturais que ocasiona, mas a mão humana.

Isso principalmente pela destruição de seu habitat natural.

Para diminuir esse risco são feitas diversas ações de conservação com o intuito de garantir que os papagaios-de-peito-roxo tenham o mínimo de risco ou até nada.

YouTube video

Ações de conservação

As ações de conservação são realizadas para diminuir o impacto da mão humana nas aves com risco de extinção.

Dessa forma, cabe citar algumas formas de amenizar, como:

  • Projetos que visam a reprodução e o cuidado;
  • Monitoramento;
  • Incentivo de adaptação a natureza;

Grupos de pesquisadores e voluntários estudam e ajudam em projetos promovidos por associações ou empresas que possuem como fim proteger essa espécie.

São várias as ações possíveis para auxiliar que essa ave não desapareça, inclusive uma das principais é denunciar qualquer meio de exploração ou caça do papagaio.

Cativeiro do Papagaio-de-peito-roxo

Há uma tentativa de fazer com que essa espécie se reproduza, pois em uma época em que houve alto índice de venda dessa ave.

Com isso a população sul americana reduziu.

Então, essa diminuição grande de pássaros disponíveis prejudicou o sucesso em sua reprodução.

Dessa forma ocasionou seu alto risco de extinção.

Essa ação de manter em cativeiro não é só para reproduzir, mas também para ajudar essas aves a se adaptar à natureza, a procurar alimentos de sua dieta e fugir de predadores.

Dois papagaios de peito roxo em viveiro com gaiola de ferro
Casal de papagaio-de-peito-roxo que estão em cativeiro para promover a reprodução e adaptação na natureza para evitar a extinção dessas aves – Foto de Rodrigo Soldon no Flickr (Link)

Características do Papagaio-de-peito-roxo

Existem algumas características que vão diferenciar esse papagaio raro dos demais.

Isso não só por seu marcante peito roxo, mas outros pontos como:

  • Chega a 35 cm;
  • Maior parte do seu corpo é verde;
  • Peito roxo e pontos vermelhos dispersos ao corpo;
  • Penas na nuca e alto do pescoço grande, parece uma gola;
  • São fiéis aos seus companheiros

Essas são aquelas que deixa-o em destaque sobre as demais aves.

Além disso, é uma das espécies mais inteligentes e imita a voz humana de forma bem fiel.

A beleza dessa ave é outro ponto que encanta a quem gosta de papagaios, porém sua arte de imitação é o principal e o mais marcante, fato este que ocasionou o alto índice de venda.

Reprodução

Seus ninhos são feitos em buracos ocos, no geral em araucárias, bem como em abertura nas falésias.

Acontece a reprodução em meados de maio e a época de setembro a janeiro.

Geram cerca de dois a quatro ovos por vez, guardam eles por trinta dias.

Assim, após a reprodução, época de fevereiro a julho, elas se reúnem em grupos e comunidades.

A fêmea nesse processo se alimenta somente do que o macho regurgitar.

Há dois meses após nascer, os filhotes saem do ninho, mas não se afastam do local próximo aos pais.

Hábitos Alimentares

Como um animal frugívoro, sua dieta principal é através de frutas, sem danificar a semente.

Assim como, por seu habitat no sul se alimenta de pinhão e flores.

Não é comum que essas aves sejam domésticas, porém elas também podem comer ração específica dessas aves, pois irá conter todos os nutrientes que ela precisa.

Personalidade do Papagaio-de-peito-roxo

Antes muito vistos em conjunto e nos dias atuais é muito comum ver eles sozinhos ou com poucos da mesma espécie.

Assim, é visto com o papagaio verdadeiro, o galego e outros.

São aves que gostam de barulho e muito ativos, no entanto, em seu momento para alimentar preferem o silêncio e um ambiente mais calmo e tranquilo.

Se deslocam duas vezes ao dias, entre onde dorme e onde comem, que são locais diferentes.

Quando em alta temperatura permanecem em repouso, voltando a tarde fresca.

Apesar de serem aves com fácil adaptação, os indícios de extinção alertam que possui um certo limite.

Bem como por muitos filhotes não sobreviverem até a maturidade.

Quando encontram seu companheiro são fiéis, ou seja, não costumam ter mais de um parceiro de vida.

Além de ocorrer essa escolha antes de atingir a maturidade sexual.

Habitat do Papagaio-de-peito-roxo

Papagaio no chão de terra comendo migalhas
O Papagaio-de-peito-roxo são aves que possuem ninho em araucária e se alimentam de frutas, sementes e flores. Foto de My Lovely Birds no Pinterest (Link)

Já foi dito sua origem e alguns locais que é possível ver esses animais em florestas tropicais e subtropicais, tal qual em matas secas, pinheirais e orlas de capões.

Ficam em troncos de árvores nos buracos ocos nas araucárias, no Brasil, Paraguai e Argentina.

Tal qual nos cativeiros em diversos locais para ajudar essa espécie.

Curiosidades sobre o Papagaio-de-peito-roxo

Algumas curiosidades e cuidados além das informações são interessantes para complementar o conhecimento sobre essa ave.

Assim é válido ressaltar algumas mais comuns.

A primeira é que os papagaios se locomovem de forma lenta e são pequenos, dessa forma os tornam vulneráveis.

O que pode ocasionar um dos motivos de seu risco de extinção.

É preciso informar que existem cerca de três mil pássaros desta espécie e que 91% dessa população encontra-se no Brasil, e os outros dividem-se entre Argentina e Paraguai.

Possui como expectativa de vida, principalmente aquelas criadas em cativeiro que possuem um cuidado maior, 30 anos de vida.

Bem como sua maturidade é a partir dos dois anos.

Tem uma relação direta com o pinhão, que vem da araucária, uma importante árvore responsável por setores econômicos, ambientais e culturais.

Avalie este pássaro: post

Outros pássaros para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *