Diamante de Gould

Diamante de Gould

O Diamante de Gould é considerado um pássaro exótico de origem australiana, que foi descoberto por uma expedição francesa em 1833 na Austrália.

O nome é uma homenagem do ornitólogo britânico John Gould à sua mulher falecida. Foi ele quem descobriu essa espécie. O nome científico do Diamante de Gould é Poephila Mirabilis.

Ele se encontra em ameaça de extinção devido a alterações e redução de seu habitat natural.

Devido à docilidade e à variedade de cores e contornos perfeitos que dão ao Diamante de Gould uma beleza incrível, é um pássaro apreciado por colecionadores e criadores.

Por isso, para você conhecer um pouco mais sobre este belíssimo pássaro, por favor, continue lendo este texto. Confira!

diamante de gould

 

Características do pássaro diamante-de-gould

O diamante de gould é uma espécie de pequeno porte que possui coloração variada (com até sete cores diferentes em um único exemplar) e definida (sem mistura das cores), o que o torna um pássaro de uma beleza única e inconfundível.

O macho da espécie pode ter a cabeça vermelha, preta ou laranja, com predomínio da variedade de cabeça vermelha. O peito pode ser violeta, a barriga amarela – ouro e o manto verde luminoso.

A fêmea tem uma coloração mais suave e as caudas são menores que as dos machos. O bico delas ganha uma coloração mais escura no período da gestação.

Por sua vez, o macho do diamante de gould usa suas cores mais acentuadas como forma de proteger a fêmea e os filhotes no período de acasalamento, chamando atenção dos predadores, mantendo a fêmea e os filhotes em segurança no ninho.

Quando adultos, chegam a medir entre 12 e 15 cm, com uma envergadura de 17,5 cm.

São pássaros bastante sociáveis que gostam de interagir com outras espécies, desde que não sejam maiores do que eles, e de viver em bandos ou pares. Vale situar que não toleram ser manejados por seres humanos.

O tempo de vida em cativeiro pode chegar a sete anos, uma vez que é  uma ave que  se adapta muito bem em gaiolas ou viveiros, são tranquilo e sereno nesses ambientes.

diamante de gould

Como criar um pássaro preto?

Por se tratar de um animal silvestre é essencial ter autorização de órgãos ambientes internacionais, inclusive, é preciso procurar o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Além disso, também é essencial ter autorização de Secretarias do Meio Ambiente do Governo Federal, bem como de seu estado e também município em que reside.

Porém, aqui no Brasil o diamante de gould é considerada um animal Pets e, logo, pode ser comercializado facilmente em casas de animais.

Mesmo assim, vale lembrar que ao criar esta espécie em cativeiro é preciso promover um espaço saudável, limpo e higienizado diariamente.

Quem desejar criar este animal é importante ter a consciência que por se tratar de um animal australiano, o diamante de gould (fêmea e/ou macho) precisa de cuidados diários específicos, requerendo certo tempo de dedicação.

Além disso, é essencial realizar gastos financeiros para manter sua saúde e bem-estar deste pássaro, principalmente por estar entre o convívio de seres humanos que retiram do seu habitat natural.

diamante de gould

Qual a melhor gaiola?

A melhor gaiola para o diamante de gould é uma gaiola grande que consegue permitir o animal realizar voos.

Ela deve ter no mínimo 50 cm de comprimento, 35 cm de altura e 30 cm de largura, inclusive, esse tamanho é ideal para um casal.

A gaiola deve ter um bebedouro e comedouros, além de um recipiente com água para que eles possam se banhar.

Elas não devem ser colocadas em áreas com entradas de ar e lugares muito frios, pois são aves sensíveis às mudanças bruscas de temperatura.

Um ambiente agradável a eles tem uma temperatura entre 15 e 25 graus Celsius.

Além disso, a gaiola ou cativeiro precisa ser higienizado diariamente para não prejudicar a saúde do animal.

A espécie jamais pode entrar em contato ou passar muito tempo entre restos de alimento ou suas fezes, principalmente devido esta espécie ter facilidade de contrair doenças que podem chegar até sua morte.

diamante de gould

Como alimentar o pássaro

A alimentação do diamante de gould deve ser balanceada, podendo acrescentar sal, gema e carvão mineral em pó aos alimentos, com o intuito para ajudar na digestão, quando se encontram em cativeiro.

A água deve ser fresca e trocada diariamente, enquanto a alimentação do diamante de gould é a ração para aves exóticas que geralmente são feitas a base de milho, painço e alpiste.

Eles também comem frutas, casca de ovo, vegetais frescos, insetos e vermes vivos.

Quando não há filhotes é recomendado dar a mistura de sementes, água, minerais e casca de ovo.

Já quando houver filhotes deve ser dado a farinhada (mistura de farinha de rosca, flocos de cereais como, por exemplo, trigo, cevada e aveia e farinha láctea) acrescida de premix (aminoácidos essenciais) e fosfato bicálcico (45 gramas de cada).

No período de troca das penas, a alimentação deve ser reforçada e suplementada com energético, junto com o açúcar de uva.

Em contrapartida, quando livres na natureza, a ave costumar ter uma alimentação que inclui sementes, brotos de verduras, insetos adultos e também larvas.

O hábito de consumir insetos e larvas vem somente da necessidade de complementar sua alimentação, visto que precisa de proteínas para complementar sua saúde.

diamante de gould

Reprodução da ave

Para ser sincera, a reprodução em cativeiro do diamante de gould não é fácil!

Segundo especialistas, isso acontece porque na natureza, o animal faz ninhos em buracos muito escuros, enquanto que em cativeiro, por mais que o ambiente seja escurecido para a procriação, é necessário paciência para conseguir a reprodução.

A fêmea está pronta para reprodução a partir dos  10 meses de idade. Após o acasalamento, ela faz a postura de 5 a 8 ovos que eclodem depois de 15 a 17 de choco.

Em cativeiro, os diamantes de gould não são bons pais, por isso, é aconselhável usar o pássaro chamado popularmente de manon para chocar os filhotes deles.

Uma alternativa é adquirir e investir em chocadeiras elétricas que ficam responsável de fazer a chocagem.

O ninho pode ser feito de madeira com 15 cm x 10 cm x 10 cm, com uma divisória criando dois ambientes, um para os ovos e o outro para os filhotes.

E mais, o ninho deve ser forrado com grama do tipo japonesa ou chinesa que também pode ser colocada na gaiola para o arremate do ninho pelos próprios pássaros.

Preço do pássaro

O preço do diamante de gould varia entre R$50,00 a R$100,00 e pode ser adquirido em lojas especializadas ou diretamente com criadores.

A criação e comércio devem ser regulados pelo IBAMA, mesmo sendo um animal Pet. Então, procure não adquirir seu animal pela internet.

É necessário procurar uma casa de animal ou criador confiável que realiza a venda de animais autorizados.

Não se esqueça de solicitar toda a documentação que autoriza a criação do animal, bem como até a nota fiscal que eventualmente pode ser solicitada por alguma fiscalização.

Vale lembrar, mais uma vez, que ao desejar criar este animal em casa é importante ter a consciência que por se tratar de um animal australiano, o diamante de gould (fêmea e/ou macho) precisa de cuidados diários específicos, requerendo certo tempo de dedicação.

Além disso, é essencial realizar gastos financeiros para manter sua saúde e bem-estar deste pássaro, principalmente por estar entre o convívio de seres humanos que retiraram do seu habitat natural.

diamante de gould

O canto

O diamante de gould é um pássaro silencioso, na medida em que seu canto é sutil, baixo e com pouca melodia.

Vale situar que não é ouvido a longas distâncias e somente o macho consegue cantar. O que chama atenção mesmo das pessoas e criadores é o fato de possuir diferentes variedades de cores nas penugens da ave, mas vale a pena ouvir!

 

Considerações finais

A espécie de diamante de gould, desde o ano de 1992, está na lista de animais que estão em ameaçados de extinção da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN).

No entanto, a lista explica que o animal está na lista de ameaçados em seu habitat natural. Ou seja, a espécie de diamante de gould selvagem pode desaparecer.

Os motivos do seu desaparecimento estão ligados à caça e captura deste animal para criação de cativeiro.

Além disso, também tem a devastação de matas e florestas que tem provocado a diminuição de seu habitat natural.

Já os animais criados em cativeiros, a ave não enfrenta nenhuma ameaça de extinção, visto que há um mercado bastante difundido ao redor do mundo.

Esta ave chama atenção das pessoas, criadores e colecionadores por conta de suas cores que é bastante variada.

As variações de cores que chega ser bastante exuberante por meio de sucessivos cruzamentos entre diversos tipos e espécies do diamante de gould.

Quando esta espécie estiver na época de reprodução e/ou postura é necessário oferecer ao seu diamante de gould a farinhada que deve ser composta de uma mistura com:

  • 20% de Farinha Láctea;
  • 20% de farinha de rosca;
  • 60% de Neston;
  • Além de acrescentar ovo cozido triturado até permanecer com uma consistência úmida.

Gostou das informações sobre o pássaro diamante de gould? Então compartilha o post com seus amigos em todas as redes sociais e deixa sua avaliação nas estrelinhas abaixo.

Outros pássaros para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *