Papagaio-campeiro

Papagaio-campeiro

O papagaio-campeiro está presente em vários países, desde o México até a América do Sul.

Portanto, se destaca por ter a cor verde e pela sua mancha amarela em sua cabeça.

No entanto, é uma espécie de ave que entra na categoria dos pássaros silvestres.

Qual a origem do papagaio-campeiro?

O papagaio-campeiro é uma bela ave que vive nas Américas. Imagem de McAramini no Pexels.

O papagaio-campeiro veio da região do Amazonas, por isso, o seu nome científico é Amazona ochrocephala.

Mas, a ave habita em maior número nas regiões do México, da Floresta Amazônica e do norte da Bolívia.

O seu nome em inglês é Yellow-crowned Parrot.

O seu nome popular é papagaio-do-suriname ou airuapa.

Com isso, é possível encontrá-lo em matas, florestas, bem como, nos pântanos.

No entanto, este é o seu local preferido para tirar um bom descanso.

Desse modo, é possível achar as quatro das subespécies, veja:

  • amazona ochrocephala panamensis – a maior em tamanho;
  • ochrocephala – surgiu no Porto Rico;
  • ochrocephala xantholaema – ilha de Marajó;
  • ochrocephala nattereri – sudoeste da Colômbia.

Além disso, por causa de muitas pessoas que destruíram o seu habitat oficial, a espécie se espalhou por toda a região da América.

No entanto, é preciso fazer e incentivar mais medidas de prevenção para preservar bem a existência da espécie.

Portanto, a raça é uma das favoritas entre os criadores de aves, por ser um animal dócil e tranquilo entre os humanos.

Porém, é preciso ter muitos cuidados para manter o controle dos animais, para mantê-los em grandes números.

Uma outra curiosidade sobre a sua origem, é o fato da espécie ter semelhanças com o papagaio-verdadeiro.

Afinal, as duas raças vieram da Amazônia e são aves nativas da região das Américas. Além de terem as cores verde e amarela que se destacam nas penas.

Existe similaridade com o Papagaio-verdadeiro?

O papagaio-verdadeiro é uma das espécies de pássaros da Amazônia, assim como o papagaio-campeiro.

A raça tem asas em formato redondo, mais largas e curtas, compatíveis com o seu tamanho de 35 a 37 centímetros de comprimento.

Além de pesar 400 gramas.

Assim como as araras, é uma espécie que anda em casal.

Com isso, a postura dos ovos das fêmeas costuma ser de dois a quatro ovos, de 24 a 29 dias.

Enquanto isso, os filhos ficam no ninho por cerca de dois meses, mas se tornam dependentes com cinco meses.

Como é a alimentação do papagaio-campeiro?

O papagaio-campeiro tem uma alimentação variada em frutas e vegetais. Imagem de Eric BVD no Pexels.

O papagaio-campeiro tem preferência por comer frutos, sementes, nozes e brotos.

Porém, a espécie pode ter diferenças na sua alimentação, se a sua criação for ao ar livre ou dentro de um cativeiro.

Afinal, os seus criadores devem montar uma dieta bem balanceada.

Por ser uma ave, é um animal frutífero e herbívoro, ou seja, possui uma alimentação mais natural e saudável.

Portanto, se adaptam fácil em qualquer ambiente, por isso, é possível escolher as medidas necessárias para trazer alimentos com um alto valor nutricional.

No cativeiro, a espécie costuma comer rações desenvolvidas para a espécie.

Mas, costumam se alimentar também de frutas, sementes especiais e uma grande variedade de vegetais.

Entre as frutas, as preferidas são mamão, banana, goiaba, coco fresco e laranja.

Já na natureza, a espécie tem mais liberdade de escolher os seus alimentos favoritos.

Por isso, costumam se alimentar de castanhas, de frutas silvestres e de sementes leguminosas.

Porém, as favoritas da espécie costumam ser o painço, semente de girassol e de linhaça.

Rações para papagaio

Saber o que o papagaio come é essencial para quem deseja iniciar a criação da espécie.

Pois, a alimentação é um dos pontos mais importantes nos cuidados com o bem-estar do animal.

Com uma nutrição correta, o seu amigo de pena vai ter uma boa qualidade de vida.

Antes de tudo, é preciso fazer uma boa pesquisa sobre os alimentos permitidos para a espécie.

Logo, os alimentos extrusados são a melhor opção, por ter uma preparação balanceada, com todos os nutrientes necessários para manter as aves bem saudáveis.

Quais são as principais características do papagaio-campeiro?

O papagaio-campeiro se destaca pela sua bela aparência com penas verdes e manchas coloridas. Imagem de Marcelo Chaves no Pexels.

O papagaio-campeiro se destaca pelas suas belas penas verdes e pelas suas manchas amarelas.

Há alguns animais da raça que possuem pequenas manchas vermelhas pelo seu corpo e rabo.

Porém, costuma estar perto dos seus pequenos ombros.

Os seus olhos são bem escuros, com a íris laranja e umas pequenas manchas em volta.

Portanto, o seu bico é na cor cinza-escuro, o que é mais comum entre as aves silvestres.

Quanto ao seu comprimento, mede cerca de 35 a 38 centímetros.

Veja os seus detalhes:

  • cor predominante: verde;
  • tamanho médio de 35 a 38 centímetros;
  • pesam cerca de 400 a 470 gramas;
  • não há dimorfismo sexual;
  • aves dóceis;
  • fácil domesticação;
  • expectativa de vida entre 50 a 80 anos;
  • adoram brincar;
  • inteligentes e perceptivos.

Em geral, os papagaios se destacam por ser uma ave muito inteligente e curiosa.

Com isso, conseguem reproduzir os sons do ambiente, como falas humanas e músicas.

Além de ser uma das espécies que possuem maior expectativa de vida, podem chegar até os 80 anos.

Por serem aves de fácil domesticação, os papagaios estão entre as aves mais procuradas como pets.

Assim, para ter uma boa qualidade de vida, é importante ter uma rotina bem saudável e ativa.

Porque, são animais que adoram brincar e precisam de ter muita atenção.

Hábitos saudáveis para este papagaio

Além de dar uma boa alimentação para essa espécie, é fundamental incluir brincadeiras na sua rotina.

Porque, os papagaios são animais agitados e ativos, por isso gostam de interagir com os humanos de uma forma bem divertida.

Por sorte, é uma tarefa bem fácil e tranquila.

Por serem animais inteligentes e curiosos, adoram brincar com o seu tutor o tempo todo.

Para isso, muitas lojas de pets costumam vender brinquedos próprios para os pássaros se divertirem.

No entanto, outra forma de interação é fazer a ave cantar e falar com os donos.

Como é a fase de reprodução do papagaio-campeiro?

O papagaio-campeiro se destaca por ser um ave monogâmica, ou seja, costuma ter só um parceiro durante a vida.

Entretanto, a sua fase de reprodução costuma ser durante os meses de dezembro a maio.

Além de atingir a maturidade sexual por volta dos três anos.

As fêmeas costumam fazer os seus ninhos em buracos de cupinzeiros em árvores e ocos das palmeiras.

Mas, não costumam ficar em uma altura tão grande, principalmente em temperaturas mais secas.

Afinal, precisam ensinar os filhotes a voar em alturas menores.

Durante a sua reprodução, costumam fazer a postura dos ovos com uma média de dois a quatro ovos.

Assim, os seus ovos costumam ficar na fase de incubação por quase um mês.

Os filhotes costumam ficar no ninho durante 60 dias, até alcançar o seu primeiro voo livre.

Porém, as fêmeas cuidam dos seus filhotes por um período de quatro a cinco meses.

Depois, ao atingirem a maturidade sexual, chegam à fase adulta e se tornam aves silvestres independentes.

Com isso, é um animal que vive com seu parceiro a vida toda na natureza.

É preciso ter cuidados na fase de reprodução, pois é uma forma de manter a espécie na natureza.

Ou seja, é necessário evitar os perigos das ameaças de extinção, além de incentivar a preservação da espécie.

Dessa forma, é a espécie do gênero Amazona mais procurada pelos traficantes de animais silvestres.

Mas, felizmente não encontra risco de estar em extinção, por ter uma boa quantidade de animais ao ar livre e em cativeiro.

Logo, não tem uma classificação de risco.

Resumo sobre Papagaio-campeiro

Nome popular: Papagaio-campeiro ou Yellow-crowned Parrot
Nome científico: Amazona ochrocephala
Espécies: A. ochrocephala
Tamanho: 35 a 38 cm
Reino: Animalia
Família: Psittacidae
Peso: 400 g
Expectativa de vida: 50 a 80 anos
Estado de conservação: Pouco Preocupante

Outros pássaros para você:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile